JPM Coin – Detalhes e vantagens do novo projeto

0 Comentários

Um dos principais assuntos do criptomercado durante a última semana foi o anúncio de uma moeda digital desenvolvida pelo JP Morgan, o maior banco dos EUA e uma das maiores instituições financeiras do mundo. Muita gente disse que o anúncio era uma mudança importante para o criptomercado, já outros não ficaram contentes com a “JPM Coin”.

Mas afinal, qual é o objetivo desse novo ativo e quais são os detalhes disponíveis sobre o projeto? Fomos atrás das informações mais relevantes sobre a moeda e o que ela realmente pode trazer para o criptomercado.

Confira tudo o que você precisa saber sobre a JPM Coin.

O que é a JPM Coin?

A primeira pergunta que devemos responder é exatamente sobre o que é a moeda JPM Coin e qual é o seu verdadeiro uso.

A JPM Coin é a primeira moeda digital criada por um banco dos EUA, porém, ao contrário do que algumas pessoas estão imaginando, ela não é, nem nunca será, um concorrente do Bitcoin, ou de qualquer outra moeda inflacionária ou de preço especulativo.

O ativo digital não será uma moeda autônoma desenhada para ser usada como uma moeda digital para uso comum. Ao invés disse, o ativo vai fazer parte da nova rede de blockchain da JP Morgan e é desenhada para facilitar transações paradas e rápidas entre as contas bancárias das muitas instituições financeiras clientes do banco.

Portanto, essa não é exatamente uma altcoins, como o Ethereum, Dash e Litecoin (que são concorrentes do Bitcoin). Ao invés disso, a JPM Coin é um ativo digital de uso institucional para utilizar a tecnologia de blockchain para permitir transações rápidas e com taxas bem mais baixas do que as transações com moedas fiduciárias. Se essa descrição parece similar, é porque o XRP (desenvolvido pela Ripple) também tem um objetivo e caso de uso semelhante, mas vamos entrar nisso mais para frente.

Leia também  Onde e como comprar e vender Bitcoin no Brasil

Ao contrário de outras criptos, a JPM Coin não terá valor especulativo e nem vai ter preços flutuantes. Ela terá um pareamento de 1:1 com o dólar americano. Isso a torna uma stablecoin.

Além disso, a JPM Coin vai ser lançada em uma blockchain própria chamada Quorum. A rede foi desenvolvida pelo próprio Banco com a ajuda de outra mega companhia do criptomercado, a Ethereum Enterprise Alliance. Por enquanto a moeda está em estágio de protótipo e não pode ser usada por qualquer pessoa, apenas clientes selecionados pela JP Morgan.

A JPM Coin tem muitas vantagens para a JP Morgan e para os seus clientes, não há dúvidas sobre isso. Mas, será que existem vantagem para o criptomercado como um todo?

Possíveis vantagens da JPM Coin para o criptomercado

A primeira coisa sobre esse tema é que a JPM Coin não é uma criptomoeda, ela é totalmente diferente do Bitcoin, Ethereum, entre outras. Ela é uma ferramenta para um banco centralizado poder facilitar seus procedimentos diários.

Tuíte mostrando a diferença entre Criptomoedas e Moedas Digitais. O autor do post, Jerry Brito, CEO da Coin Center, ainda disse que “Se a JPM é uma criptomoeda, então o V-Buck do Fortnite também é”.

Com isso em mente, a JPM Coin ainda pode trazer boas oportunidades para as criptomoedas, mais especificamente para a tecnologia de blockchain. Inicialmente, a primeira vantagem é a óbvia participação de um grande player institucional no mercado da blockchain. Um nome tão forte quanto o do JP Morgan, pode validar muitos aspectos da adoção da blockchain por um mercado mais amplo.

Leia também  O que é Bitcoin? Vídeo animado explica de forma simples, confira

Iliya Zaki, em um interessante post no Medium, listou três interessantes motivos para a indústria ligada à blockchain se animar com o projeto do JP Morgan. De forma resumida, seus pontos de interesse na nova JPM Coin são:

  • Validação da Blockchain: Como discorremos brevemente neste tópico, a criação da JPM Coin levará a tecnologia de blockchain a milhões de usuários e instituições em todo o mundo. Além disso, o banco por trás da moeda é um dos principais nomes financeiros do mundo o que pode fortalecer a posição da blockchain no mercado.
  • Um bom modelo de teste: A Blockchain ainda está bastante imatura, sendo uma tecnologia ainda no inicio do seu potencial total. Uma instituição do tamanho do JP Morgan, mesmo que usando a blockchain para uma pequena parte das suas transações, pode ser um estudo de caso muito importante sobre a escalabilidade da tecnologia.
  • A Nova moeda pode provar que Bitcoin não é uma fraude: A JPM Coin não terá nenhum efeito no valor do Bitcoin, afinal, ela não é uma concorrente. Porém, ambas as moedas usam a tecnologia de blockchain. Agora, com a natureza especulativa do Bitcoin em segundo plano por causa do inverno cripto, a blockchain representa o verdadeiro valor da moeda, com a JPM (que definitivamente não vai se tornar uma fraude) usando a mesma tecnologia do BTC, logo a criptomoeda original vai encontrar o seu lugar como algo sério e seguro.
Leia também  Compre Passagens Aéreas com Bitcoin

Os pontos de Iliya Zaki são interessantes e bastante relativos a atual situação do mercado. Porém, ainda é preciso esperar um pouco mais para entender como o criptomercado vai se comportar em relação ao novo empreendimento do JP Morgan.

Um “tapa na cara do XRP”?

“Um tapa na cara do XRP” foi o termo escolhido por Michael Lavere em um artigo do Ethereum World News.

Por mais que a JPM Coin não seja um concorrente das criptomoedas de forma geral, ela é concorrente direta da Ripple, principalmente da moeda XRP e do sistema xRapid. Um dos principais casos de uso do XRP e do sistema xRapid é justamente a transferência de valores entre instituições financeiras.

O desenvolvimento da JPM Coin é uma clara rejeição do projeto da xRapid (e consequentemente do XRP). Enquanto a moeda e a rede com certeza vão ser adotados por outras instituições financeiras, a decisão do banco de ter desenvolvido sua própria tecnologia pode enfraquecer a relevância da xRapid, já que outros bancos podem adotar a mesma tática para lidar com suas transferências de grandes valores.

Como dissemos, a JPM Coin pode ser importante para aumentar a adoção da blockchain, já que cada banco pode criar tecnologias internas para transferências do tipo. Novamente, é preciso ver como o projeto vai ser desenvolvido no futuro para saber se ele realmente é uma ameaça para a relevância da Ripple, até lá, é necessário esperar pelo menos a fase de protótipo.

Confira qual foi a resposta do Bitcoin Banco sobre a polêmica da LeaxCoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.