Ministro iraniano acusa Estados Unidos de impedir acesso do país as criptomoedas

1 Comente

Saeed Zarandi, ministro adjunto do Comércio, Indústria e Abastecimento do Irã, disse que o Congresso dos EUA está tentando impedir o acesso do Irã as criptomoedas. Isso se deve ao fato do Irã ter recentemente apresentado planos para uma enorme instalação de mineração de criptomoedas.

Supostamente o congresso dos EUA teme que o Irã possa escapar das sanções utilizando as criptomoedas. Esta notícia apareceu pela primeira vez em um relatório do serviço de notícias iraniano Al-Farsi. Segundo o relatório, o Congresso dos EUA considera as criptomoedas um método para escapar de sanções e lavagem de dinheiro. Esse acesso as criptomoedas representa um problema claro, já que os Estados Unidos impuseram sanções à nação do Oriente Médio.

Consequentemente, o Congresso dos EUA está buscando aplicar essas sanções. Zarandi agora está acusando o Congresso dos EUA de tentar ativamente restringir o acesso iraniano as criptomoedas.

O que os Estados Unidos vão fazer?

O Irã planeja lançar a criptomoeda “PayMon”. A “PayMon” é uma solução semelhante a adota pela Venezuela para fugir das sanções impostas pelo país norte americano, quando lançou a moeda digital, Petro, que desde então tem recebido duras críticas por não ser uma criptomoeda “real”. Zarandi declarou que a moeda digital iraniana enfrentará intensa oposição dos EUA.

De acordo recente com um relatório, os Estados Unidos planejam apresentar um projeto de lei que exige sanções aos bancos iranianos e a moeda digital iraniana. Embora no passado o presidente Barack Obama tenha afrouxado as sanções iranianas impostas pelos EUA, elas se tornaram mais duras com o presidente Donald Trump. 

No entanto, vale destacar que o Irã não é totalmente pró-criptomoedas. No mês passado, as autoridades iranianas apreenderam cerca de 1.000 plataformas de mineração Bitcoin no país, depois de um forte aumento no consumo de eletricidade em duas fazendas de mineração Bitcoin. 

Não está claro se Zarandi acredita que os EUA estão impedindo o uso de criptomoedas e mineração de criptomoedas no Irã, mas o projeto de lei pretende se direcionar a combater a criptomoeda do Irã. No entanto, mesmo que os Estados Unidos possa restringir qualquer negociação com a PayMon, a criptomoedas iraniana, as autoridades iranianas e os cidadãos iranianos podem facilmente fugir das sanções utilizando qualquer outra criptomoeda.

Clique aqui para ver: “Crise” no Deutsche Bank levou o Bitcoin a subir 11%?

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.