Intel aplica para patente que reduz a energia para as atividades mineradoras do Bicoin

0 Comentários

Ouvimos várias vezes que as atividades de mineração das criptomoedas consomem uma grande quantidade de energia. Isso tem sido visto como um problema por vários experts no assunto, e soluções diferentes tem sido analisadas. A companhia norte-americana de tecnologia Intel apresentou uma patente que reduz a quantia de eletricidade consumida para os hardwares que mineram o Bitcoin.

De acordo com a aplicação para a patente, feita dia 29/03/2017 segundo o escritório de marcas e patentes dos Estados Unidos, poderia haver uma forma mais eficiente de se minerar o Bitcoin. O pedido foi feito em setembro de 2017, mas a aplicação só foi lançada ontem.

Como explicado pela Intel, caminhos críticos na análise das mensagens computacionalmente intensas e dados podem ser optimizados. Isso poderia resultar em que “um tempo extra pode reduzir a capacidade de comutação ou escalar o suprimento de voltagem”. Dessa forma, a Intel afirma que haveria uma melhoria de 35% na lógica da análise das mensagens.

Ao mesmo tempo, a patente explica que o Bitcoin é uma das criptomoedas mais populares do mercado. Diz também que o Bitcoin trabalha como um livro-caixa distrubuído chamado de Blockchain e que a criptomoeda é usada como unidade de conta.

A patente diz o seguinte:

“O Bitcoin é o tipo de moeda digital mais popular usado no ecossistema das moedas digitais. O sistema transacional do Bitcoin é par-a-par (p2p), significando que as transações acontecem diretamente entre os usuários, sem um intermediário. Transações p2p podem ser verificadas por “nós” da rede e gravados em um livro-caixa público chamado de blockchain, que usa o Bitcoin como unidade de conta”.

A aplicação da patente diz que às vezes, minerar um único Bitcoin é mais caro do que a energia usada para essa mineração da moeda virtual. Essas situações ocorrem quando há quedas temporárias no preço do Bitcoin que perde uma porcentagem importante do seu valor.

Essa não é a primeira vez que a Intel tenta influenciar a indústria das criptomoedas. Em maio de 2017, a empresa fez uma parceria com um provedor de serviços e softwares na área da saúde para usar a tecnologia da Blockchain na indústria da medicina.

Fonte: beat.10ztalk.com

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.