Índia pretende acabar com propagandas via SMS e Mensagens de voz usando a Blockchain

0 Comentários

O órgão de fiscalização de telecomunicações da está planejando aproveitar a tecnologia blockchain para combater chamadas indesejadas e mensagens .

A Autoridade Reguladora de Telecomunicações da Índia (TRAI) publicou um projeto de regulamento nesta terça-feira, marcando sua intenção de utilizar a tecnologia nascente em oferecer um processo mais “ágil” para lidar com comunicações comerciais não solicitadas de “elementos inescrupulosos” que escapam dos sistemas atuais.

O rascunho – chamado de “Regulamentos de preferência para clientes de comunicações comerciais da Telecom 2018” – tem o objetivo de permitir que milhões de assinantes indianos controlem as chamadas de voz e mensagens de texto recebidas, dando a opção de optar por comunicações de marketing. Assim os usuários poderiam reclamar com seus provedores de telecomunicações sobre terceiros problemáticos.

Leia também  Nvidia revela vendas de criptos pela primeira vez e prevê Big Drop

De acordo com uma nota à mídia, a TRAI está propondo a adoção da tecnologia de contabilidade distribuída para que o novo sistema “reforce a conformidade regulatória, permitindo a inovação no mercado”, afirmando que a tecnologia criptograficamente segura e inviolável se mostrou útil em outros lugares.

“Parece ser a primeira instância em qualquer parte do mundo a usar a tecnologia [blockchain] em tal escala no setor de telefonia” disse o órgão.

O regulamento proposto também recomenda a permissão de conformidade por meio de uma “caixa de proteção” regulamentar, em que as soluções de novas tecnologias são demonstradas pela primeira vez antes de serem implantadas para uso no mundo real.

Presidente do TRAI, R.S. Sharma, disse em uma reportagem do The Economic Times, que “os consumidores terão um controle muito melhor”, acrescentando que o esboço estará aberto para comentários públicos até 11 de junho.

Leia também  Analista da eToro afirma "estamos à beira da maior alta na história do bitcoin"

Sharma disse:

“A Blockchain garantirá duas coisas [o controle contra mensagens] repulsivas e a confidencialidade. Somente as [pessoas ou empresas] autorizadas … poderão acessar os detalhes do assinante e somente quando precisarem prestar serviço.”