Huawei Cloud faz lançamento global de seus serviços blockchain

0 Comentários

A Huawei Cloud acaba de anunciar o lançamento de seu Service (BCS). No início deste ano, o serviço era para uso comercial na China, agora está disponível para o público global no site internacional da Huawei Cloud.

O BCS permite que empreendedores e desenvolvedores globais criem, implantem e gerenciem aplicativos blockchain na Huawei Cloud, em um ritmo alucinante e com custo mais barato. O lançamento global também propiciará as bases para uma plataforma global de blockchain distribuída em breve.

O serviço em nuvem aproveita o blockchain e algumas das vantagens inerentes ao contêiner do Huawei Cloud e às tecnologias de segurança. A empresa alega que o BCS pode ser aplicado na maioria das indústrias, incluindo a Internet das Coisas (IoT), aplicativos de dados e finanças.

Leia também  Desenvolvedores atualizarão Bitcoin Gold diariamente para que o projeto consiga evoluir

O BCS poderá abranger uma ampla gama de cenários, incluindo, mas não se limitando a, verificação de identidade, rastreamento de fontes de alimentos, assistência médica remota, transações de dados, gerenciamento de dispositivos de IoT, provas de informações e a Internet de Veículos (IoV).

Várias aplicações da tecnologia blockchain estão sendo investigadas e exploradas por várias empresas em vários setores, mas a Huawei está dando um passo adiante, implantando a tecnologia de contabilidade distribuída em um serviço de nuvem. A implantação é um processo demorado e é essencial para que os desenvolvedores tenham uma compreensão adequada das terminologias e conceitos da tecnologia blockchain.

Segundo a Huawei, seu Blockchain Service é flexível e eficiente, entre outras coisas. Isso facilita a troca, junção ou saída de nós e membros com várias funções. Também oferece vários algoritmos de consenso eficientes. Outra vantagem destacada no comunicado de imprensa é o baixo custo de implantação e redução de custos de O&M com gerenciamento unificado e suas proteções de segurança e privacidade, que a empresa alega poder gerenciar e isolar usuários, permissão e suas chaves privadas e ainda privacidade aos usuários.

Leia também  Rússia planeja oficializar e regulamentar o Bitcoin em 2018 para lutar contra a lavagem de dinheiro

Em 2016, a Huawei fez uma parceria com o Hyperledger, um dos mais populares projetos de código aberto no campo blockchain, para lançar a Linux Foundation. Graças às suas contínuas contribuições técnicas e de código para a Fabric e a STL, a Huawei foi reconhecida como uma grande mantenedora do Hyperledger. Nesses subprojetos, a Huawei continua sendo o único mantenedor do Hyperledger da Ásia.