Homem que sequestrou e roubou US$ 1,8 milhões em criptomoedas, pega 10 anos de prisão

1 Comente

Suspeito de roubar 1,8 milhão de dólares em criptomoedas admitiu o roubo na quarta-feira em troca de 10 anos de prisão.

Noticiado pelo o Guia do Bitcoin na época, o acusado, Louis Meza, de 35 anos, foi condenado por sequestro de primeiro e segundo grau pela Suprema Corte de Manhattan e deve ser sentenciado em 27 de setembro a 10 anos de prisão e mais cinco anos de supervisão pós-soltura.

“Louis Meza orquestrou uma estratégia do século 21”, disse o promotor distrital de Manhattan, Cyrus Vance Jr. “Então, os investigadores do século 21 levaram-no rapidamente à justiça, assegurando uma convicção marcante em uma área pouco desenvolvida da lei.”

O réu Louis Meza, com a ajuda de outros três cujos processos ainda estão pendentes, arquitetou o esquema.

Em 4 de novembro de 2017, os homens mantiveram a vítima em cativeiro em uma van por duas horas enquanto eles roubavam seu cartão de memória e o usavam para transferir Ethereum para uma carteira dos criminosos.

Os cibercriminosos apontaram uma arma para a vítima e cobriram a cabeça com um capuz, mas o homem conseguiu fugir e ligar para a polícia.

As criptomoedas roubadas foram totalmente recuperadas e devolvidas à vítima, disseram as autoridades.

Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

1 Comentário

Adoro um final feliz.

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.