Homem que sequestrou e roubou US$ 1,8 milhões em criptomoedas, pega 10 anos de prisão

0 Comentários

Suspeito de roubar 1,8 milhão de dólares em criptomoedas admitiu o na quarta-feira em troca de 10 anos de .

Noticiado pelo o Guia do Bitcoin na época, o acusado, Louis Meza, de 35 anos, foi por de primeiro e segundo grau pela Suprema Corte de Manhattan e deve ser sentenciado em 27 de setembro a 10 anos de prisão e mais cinco anos de supervisão pós-soltura.

“Louis Meza orquestrou uma estratégia do século 21”, disse o promotor distrital de Manhattan, Cyrus Vance Jr. “Então, os investigadores do século 21 levaram-no rapidamente à justiça, assegurando uma convicção marcante em uma área pouco desenvolvida da lei.”

O réu Louis Meza, com a ajuda de outros três cujos processos ainda estão pendentes, arquitetou o esquema.

Leia também  Conheça o Bitcoin Atom: o "novo" Bitcoin com Atomic Swaps, Protocolo híbrido e Lightning Network

Em 4 de novembro de 2017, os homens mantiveram a vítima em cativeiro em uma van por duas horas enquanto eles roubavam seu cartão de memória e o usavam para transferir Ethereum para uma carteira dos criminosos.

Os cibercriminosos apontaram uma arma para a vítima e cobriram a cabeça com um capuz, mas o homem conseguiu fugir e ligar para a polícia.

As criptomoedas roubadas foram totalmente recuperadas e devolvidas à vítima, disseram as autoridades.

Guia do Bitcoin

Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link