Homem é preso por minerar criptos roubando energia elétrica

1 Comente

Como sempre, o mundo das criptomoedas continua nos entregando histórias cada vez mais inusitadas. A da vez é de um homem que foi preso após fazer um gato na rede elétrica para minerar criptomoedas.

O homem de Taiwan foi preso após alegações de que ele tinha minerado milhões de dólares em criptomoedas, tudo isso usando energia elétrica roubada da rede pública. O homem de sobrenome Yang está sendo acusado de roubar cerca de 3.25 milhões de dólares em energia usando várias empresas. A energia foi utilizada na mineração de Bitcoin e Ether e ele já tinha minerado um pouco mais do que tinha roubado em energia. A notícia veio do EBC Dongsen News.

Yang utilizava a mesma tática para realizar o roubo de energia. Ele alugava uma loja de brinquedos ou uma lan house e depois contratava eletricistas para refazer a parte elétrica de uma forma que a energia roubada não fosse contabilizada na conta do final do mês. Segundo informações, ele fez isso em 17 lojas em Taiwan.

A companhia elétrica de Taiwan descobriu as operações ilegais de Yang quando notaram instabilidade no fornecimento de energia e iniciaram uma investigação. Yang surgiu como principal suspeito e logo foi preso pela polícia.

Wang Zicheng, chefe de polícia da quarta brigada de Taiwan disse no artigo:

“O grupo recrutou eletricistas que conseguiram quebrar os medidores selados para conseguir acrescentar linhas privilegiadas no uso da rede elétrica de forma gratuita. Eles usavam a energia antes de chegar no medidor”.

Diferentes casos de roubo de energia com mineração de criptos surgiram recentemente. Curiosamente, a grande maioria aconteceu na China. Recentemente dois diretores acabaram com problemas na justiça depois de serem pegos roubando energia da escola para minerar Ether.

Em junho desse ano, a polícia da província de Anhui prendeu um homem que estava roubando um significante montante de eletricidade, também para minerar Bitcoin e Ether. Em Bari, também na China, seis indivíduos foram presos ao serem pegos usando 600 mineradoras ligadas à rede principal pública.

Veja também:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.