Homem é preso por minerar criptos roubando energia elétrica

0 Comentários

Como sempre, o mundo das criptomoedas continua nos entregando histórias cada vez mais inusitadas. A da vez é de um homem que foi preso após fazer um gato na rede elétrica para minerar criptomoedas.

O homem de Taiwan foi preso após alegações de que ele tinha minerado milhões de dólares em criptomoedas, tudo isso usando energia elétrica roubada da rede pública. O homem de sobrenome Yang está sendo acusado de roubar cerca de 3.25 milhões de dólares em energia usando várias empresas. A energia foi utilizada na mineração de Bitcoin e Ether e ele já tinha minerado um pouco mais do que tinha roubado em energia. A notícia veio do EBC Dongsen News.

Yang utilizava a mesma tática para realizar o roubo de energia. Ele alugava uma loja de brinquedos ou uma lan house e depois contratava eletricistas para refazer a parte elétrica de uma forma que a energia roubada não fosse contabilizada na conta do final do mês. Segundo informações, ele fez isso em 17 lojas em Taiwan.

A companhia elétrica de Taiwan descobriu as operações ilegais de Yang quando notaram instabilidade no fornecimento de energia e iniciaram uma investigação. Yang surgiu como principal suspeito e logo foi preso pela polícia.

Leia também  Snapcard chega ao Brasil trazendo soluções em pagamento via Bitcoin para o E-commerce

Wang Zicheng, chefe de polícia da quarta brigada de Taiwan disse no artigo:

“O grupo recrutou eletricistas que conseguiram quebrar os medidores selados para conseguir acrescentar linhas privilegiadas no uso da rede elétrica de forma gratuita. Eles usavam a energia antes de chegar no medidor”.

Diferentes casos de roubo de energia com mineração de criptos surgiram recentemente. Curiosamente, a grande maioria aconteceu na China. Recentemente dois diretores acabaram com problemas na justiça depois de serem pegos roubando energia da escola para minerar Ether.

Em junho desse ano, a polícia da província de Anhui prendeu um homem que estava roubando um significante montante de eletricidade, também para minerar Bitcoin e Ether. Em Bari, também na China, seis indivíduos foram presos ao serem pegos usando 600 mineradoras ligadas à rede principal pública.

Leia também  Site de games lança moeda própria que pode ser minerada e usada em outras plataformas

Veja também:

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.