Hard fork Constantinopla chegará ao Ethereum em janeiro

0 Comentários

A última reunião quinzenal dos desenvolvedores do Ethereum terminou no fechamento de um novo acordo para lançar ao público o tão esperado hard fork Constatinopla.

Os principais devs por trás do projeto chegaram em um consenso para ativar a atualização no bloco de número 7,080,000, já no dia 14 de janeiro de 2019.

Anteriormente, a melhoria no sistema foi atrasada por “problemas de consenso” que surgiram em outubro durante o piloto da atualização na rede testnet do Ethereum.

O esperado hard fork busca trazer grandes melhorias para o projeto com a transição da mineração proof-of-work para a proof-of-stake de forma gradativa equilibrando um pouco dos dois lados, buscando um uso mais eficiente da energia elétrica.

Outra questão a ser levada em conta é a resolução do problema de escalabilidade do Ethereum que virá com a atualização, que permitirá corrigir o problema do “gargalo” que a rede vem sofrendo recentemente, chegando a utilizar 100% de sua capacidade em certos momentos.

Ao ser ativado, o fork Constantinopla atualizará os nós síncronos de todo o sistema.

Leia também: Bilionário do Google afirma que Ethereum é uma plataforma poderosa e que potencial não foi explorado ainda

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.