Hackers norte coreanos podem ser os responsáveis pelo roubo a exchange Coincheck

0 Comentários

 

A agência de inteligência da Coréia do Sul disse que hackers norte-coreanos podem estar por atrás do ataque a exchange , que teve US $ 530 milhões em criptomoedas roubados.

Enquanto o Serviço Nacional de Inteligência da Coréia do Sul não tinha evidências que apoiasse essa acusação, eles apenas afirmavam que o envolvimento da era uma possibilidade, de acordo com um relatório da Reuters.

No mês passado, foi relatado que a exchange japonesa Coincheck havia sido hackeada, e o resultado foi o roubo de US $ 530 milhões em , o token da rede .

Após o ataque, o órgão de fiscalização financeiro do , a Financial Services Agency (), ordenou que a exchange enviasse um relatório sobre as medidas que estavam sendo tomadas para evitar um novo ataque. A exchange também prometeu reembolsar 260 mil de seus clientes, apesar da preocupação das autoridades de que não tem dinheiro para fazê-lo.

Leia também  Cidade japonesa está coletando doações em Bitcoin para preservação de árvores

Desde o ataque hacker, a FSA disse que estará realizando inspeções nas exchanges do país para garantir que medidas de prevenção estivessem em vigor para proteger os clientes e seus fundos.

De acordo com uma fonte que falou à Reuters, “é uma possibilidade que a Coréia do Norte esteja por trás do roubo”. Eles explicaram que era provável que os hackers norte-coreanos sejam os responsáveis, no entanto, eles acrescentaram que não havia evidências concretas para confirmar a acusação.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″