Hackers atacaram instituições governamentais nos Estados Unidos

0 Comentários

Milhares de computadores de instituições governamentais de Baltimore, Maryland, bem como em outras cidades dos EUA, foram atacados por hackers que exigiram resgate de US$ 100 mil em Bitcoin. Vale destacar que no ataque eles usaram o programa EternalBlue, que foi desenvolvido pela Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA), relatou o The New York Times.

Os hackers começaram o ataque em 7 de maio, bloqueando milhares de computadores e contas de email em Baltimore, além de causar interrupções nos processos de venda de imóveis e pagamento de contas.

Em troca de interromper os ataques, os hackers exigiram US $ 100 mil em Bitcoins, mas sabe-se que pelo menos as autoridades de Baltimore se recusaram a pagar esse valor.

O EternalBlue foi desenvolvido pela NSA para trabalhar com vulnerabilidades no sistema operacional Windows. O programa foi distribuído na internet pelo grupo de hackers ShadowBrokers em abril de 2017. A tecnologia NSA foi usada durante os ataques dos vírus Wannacry e NotPetya em maio e junho de 2017.

Como resultado, computadores na Rússia, Ucrânia, Índia e Taiwan foram infectados primeiro. Segundo especialistas, o dano foi de mais de US$ 1 bilhão. A Wannacry paralisou as estruturas de empresas e bancos russos e ucranianos, bem como dispositivos de outros 150 países. Grã-Bretanha anunciou o envolvimento da Rússia no ataque NotPetya, os Estados Unidos, culpou a Coréia do Norte pelo ataque.

Leia mais: Bitcoin tem rápida valorização e atinge os US$8.800

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.