Uma guia sobre o que você precisa saber do Bitcoin trading

0 Comentários

O ano passado foi estelar para a Bitcoin, que foi negociado a US$966 antes de embarcar em um rally que chegou a US$20,000. Mesmo após a volatilidade dos últimos dias, o Bitcoin superou todas as outras classes de ativos por uma margem enorme.

A grande questão na mente de todos agora é: o que acontecerá em 2018 e como se deve trocar Bitcoin e fazer Bitcoin trading?

Continue lendo para descobrir:

• Qual é a tendência do Bitcoin para 2018
• Quais termos você precisa saber
• O que você tem que procurar ao negociar
• Qual é o melhor momento para vender

Os especialistas estão divididos em sua opinião sobre a tendência do Bitcoin para 2018. Os touros agressivos deram metas acima de $60,000 para 2018. Isso é um aumento de 300% em relação aos níveis atuais. Por outro lado, os céticos continuam a questionar a avaliação das criptomoedas, chamando-a bubble.

Alguns esperam oscilações violentas em 2018. A previsão ultrajante do Saxo Bank lista uma possível alta de US$60,000, seguida por uma queda para US$1,000. Da mesma forma, o empreendedor de criptomoedas Julian Hosp acredita que o Bitcoin cairá para US $5,000, mas ele tende a pensar que ele também atingirá US $60,000. Ele não tem certeza de qual nível será alcançado primeiro.

Embora as previsões nos ofereçam opiniões diferentes, é difícil negociá-las. Por isso, tentamos identificar alguns padrões únicos nos gráficos que se repetiram em 2017. Eles podem ser usados como diretrizes pelos negociadores para desenvolver uma estratégia adequada para 2018.

Caso você esteja ainda fora do negócio, descubra como comprar Bitcoin no Brasil.

O que procurar em um gráfico

Na negociação, existem alguns aspectos fundamentais para o sucesso: Média Móvel Simples e Média Móvel Exponencial. Continue lendo para saber mais.

Média móvel simples de 50 dias

Em 2017, a média móvel simples de 50 dias ( ou Simple Moving Average) atuou como suporte crítico. Este nível foi ultrapassado apenas quatro vezes.

Em todos os outros casos, o preço tocou a média móvel ou caiu abaixo dele durante o intradiário, mas recuperou rapidamente. Assim, uma compra próxima ao SMA de 50 dias oferece uma oportunidade de compra de baixo risco. Compre perto do SMA de 50 dias e mantenha um stop loss abaixo dele.

Declínio de EMA de 200 dias como oportunidade de entrada a longo prazo

O Bitcoin ofereceu oportunidades de entrada de baixo risco para os traders de longo prazo a caminho de seu aumento de 20 vezes em 2017. Ele não negociou abaixo da média móvel exponencial de 200 dias (EMA ou Exponential Moving Average) desde de 2015, o que é um suporte crítico.

Em 2017, sempre que a criptomoeda quebrou abaixo da SMA de 50 dias, chegou a uma distância impressionante da EMA de 200 dias. Isto provou ser uma excelente oportunidade de compra para investidores de longo prazo. Mesmo no próximo outono, um movimento próximo ao EMA de 200 dias deve ser visto como uma oportunidade de compra.

Leia também  Fim da Bitfinex para clientes dos EUA! Exchange fechará as portas dia 9 de novembro

O preço não cairá necessariamente tão baixo quanto a EMA de 200 dias, mesmo durante uma correção grande. Em 12 de janeiro, por exemplo, ele chegou a 6,5% acima da EMA de 200 dias. Da mesma forma, em 25 de março, estava cerca de 2,5% acima da EMA de 200 dias. Em 16 de julho, a parte inferior se formou 10,7% acima da EMA de 200 dias.

Como calculamos até que ponto está o preço sobre a EMA de 200 dias?

Embora não exista nenhum indicador específico para isso, podemos usar o “Oscilador de preços” (PPO ou Price Oscillator) alterando seus valores de maneira inteligente. O PPO oferece a diferença percentual entre duas médias móveis exponenciais. Portanto, se precisamos traçar o quão longe o preço é do 200 EMA, podemos alimentar os valores de 1,200, o que nos dará o resultado desejado. Continue a ler mais da análise do preço do Bitcoin aqui.

 

Imagem: guiadobitcoin.com.br

E se o Bitcoin quebrar abaixo da EMA de 200 dias?

Se o preço quebrar a média móvel de longo prazo, é um sinal de aviso de que as coisas mudaram. Isso indica que o Bitcoin está entrando em uma tendência de baixa de longo prazo ou em uma ação vinculada ao intervalo, o que exigirá uma estratégia de negociação diferente.

Na negociação, o lucro é feito comprando e vendendo no momento oportuno. Embora tenhamos identificado uma estratégia de compra de baixo risco, ainda precisamos determinar o melhor momento para vender. Vamos dar uma olhada nisso, em seguida.

Melhor lugar para vender

Não há nenhum indicador que tenha dado um sinal de venda consistente no topo de um gráfico, mas pode-se notar que uma simples linha de tendência faz o trabalho perfeitamente.

Leia também  Análise Técnica ETH/USD - 11/10/2018

Uma quebra e fechar abaixo da linha de tendência não tira você da posição no topo, mas certamente ajuda a travar a maioria dos ganhos.

Outro indicador que poderia ajudar é o Average Directional Index (ADX).

Mesmo em 2014, uma leitura acima de 60 no ADX tem sido um bom ponto de venda para o Bitcoin.

Como abordar o Bitcoin trading em 2018?

É fácil identificar e ajustar indicadores e linhas de tendência depois que o gráfico for formado. Fazer o mesmo com os mercados ao vivo não é uma tarefa fácil. Em suma, é quase impossível prever os movimentos dos preços da criptomoeda para todo o próximo ano, porque o marcador ainda é jovem para ter desenvolvido padrões repetitivos de comportamento dos preços. Tente evitar o prognóstico a longo prazo, e descubra mais sobre os padrões mais comuns do Bitcoin.

O que nós fazemos

Nós testamos e analisamos sites de corretoras, carteiras e muito mais para recomendar os melhores fornecedores neste site para você. Assim, pode começar a negociar rapidamente e em um ambiente seguro com seus Bitcoins.

Agora que você já tem todas as informações que precisa, registre-se e comece a negociar hoje. Esperamos que fique claro com nossas recomendações e dicas. Acompanhe as notícias em nosso site e bons investimentos!