Governo venezuelano lança oficialmente a criptomoeda Petro

0 Comentários

O presidente venezuelano informou que os cidadãos poderão adquirir a criptomoeda através de exchanges autorizadas a partir do dia 5 de Novembro e que a criptomoeda criada pelo governo venezuelano poderá ser usada para comprar bens e serviços, bem como para o pagamento de impostos e negociar no mercado de ações.

Na última segunda-feira o Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolas Maduro, lançou oficialmente a controversa criptomoeda criada pelo seu governo, ele declarou a como uma moeda válida para a condução de operações comerciais dentro e fora do país.

Ele também anunciou a inauguração da nova sede física da Superintendência Nacional de CriptoactivosTesouro Criptoactivos, uma agência responsável pela administração da Petro. Ele relatou que apesar do lançamento oficial da Petro a criptomoeda só estará disponível no dia 5 de novembro para compra por parte do povo venezuelano, e destacou que a moeda digital pode ser usada para o pagamento de impostos, envio de remessas, bem como para a compra / venda de bens e serviços.

Maduro anunciou que a criptomoeda terão muitas utilidades, e seu valor será definido pelo preço das reservas de , , , e . O presidente destacou que a moeda digital poderá ser adquirida através das exchanges que estiverem devidamente autorizadas e que a compra da criptomoeda pode ser feita com moedas internacionais como o dólar ou o euro, assim como com outras criptomoedas digitais, como Bitcoin ou Ethereum.

Os usuários poderão baixar o aplicativo em seus smartphones, no momento o aplicativo está disponível apenas para o sistema operacional Android.

Guia do Bitcoin

Leia também  FMI propõe criação de moedas digitais para frear crescimento de criptomoedas