Gigante na área de mensagens se alinha para lançar subsidiária focada em Blockchain

A plataforma de mensagens LINE baseada no Japão está lançando uma subsidiária focada em blockchain, pouco tempo depois de anunciar que o aplicativo trabalharia com criptomoedas, conforme anúncio feito ontem (segunda feira, 02-03).

Chamada de Unblock, a empresa subsidiária terá sua base na Coréia do Sul e fará pesquisas com a tecnologia da blockchain e suas aplicações em potencial. O movimento é parte do esforço para integrar essas aplicações à plataforma de mensagens a fim de “acrescentar valor através da inovação tecnológica por combinar as aplicações em blockchain com vários serviços da LINE”, de acordo com anúncio feito no site da empresa.

A ZDNET também divulgou que a plataforma procurará conectar os mercados de criptomoedas entre a Coréia do Sul e o Japão e ao mercado asiático mais amplo. A LINE PLUS, a parte móvel da plataforma subsidiária, eventualmente irá lançar um “token”, de acordo com o anúncio.

Leia também  Chefe de turismo Russo: "Blockchain revolucionará nossa indústria"

As notícias surgem apenas dois meses após o provedor de aplicativo anunciar pela primeira vez a criação da corporação financeira LINE – uma nova empresa criada para agir como plataforma de criptomoedas, seguros e empréstimos.

A corporação financeira LINE, que está baseada no Japão, também tem a tarefa de fazer pesquisa com as tecnologias blockchain. Os serviços da LINE com criptomoedas serão oferecidos através de um app de pagamento móvel.

A LINE não é a única companhia de mensagens fazendo movimentos para melhor entender a blockchain e as criptomoedas e como essas tecnologias podem ser integradas em seus serviços. A plataforma coreana Kakao lançou uma subsidiária similar em março para desenvolver novas aplicações, apesar de ter negado que iria oferecer seu próprio token. Mais notavelmente, contudo, é a ICO do Telegram. A plataforma baseada na Rússia pretende lançar um ecossistema inteiro em blockchain, ainda que detalhes permaneçam desconhecidos a respeito do projeto.

Leia também  Transferências entre Japão e Tailândia em segundos: Ripple lança primeiro serviço comercial de remessa Blockchain

(Nikhilesh De)

Fonte: coindesk.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Japão planeja não cobrar mais imposto de transações com Bitcoin e critpmoedas

O Japão, país conhecido por ter reconhecido oficialmente o Bitcoin como dinheiro, está planejando isentar moedas virtuais como o Bitcoin e outras criptomoedas, de um imposto nacional de vendas. A Agência de…

0 Comentários

Coreia do Sul reduz os requisitos de capital para empresas de remessas de Bitcoin

O governo sul-coreano está trabalhando na redução do requisito de capital próprio para as empresas de fintech que oferecem serviços de transferência de câmbio (FX), incluindo aqueles que usam bitcoin…

0 Comentários