Mineradora Giga Watt encerra suas operações

0 Comentários

A queda no mercado ainda está sendo sentida por muitos, incluindo os investidores de criptomoedas. Um dos mercados que mais sofreu com a queda no preço do criptomercado foi a indústria da mineração, com várias empresas fechando ou reduzindo suas operações.

A Giga Watt foi a mais recente a fechar as portas completamente. O anúncio foi feito através de um e-mail enviado para os clientes que utilizavam os serviços da empresa. A empresa já estava para fechar, considerando que ela tinha declarado falência no final de 2018.

Porém, mesmo em situação de falência, ela ainda manteve as suas atividades durante o começo do ano. Mas agora, segundo o e-mail, “no presente momento, tanto o acesso quanto a energia das instalações foram fechados para a companhia”.

O e-mail também informava que os clientes que tinham completado a verificação padrão da empresa poderão sacar qualquer criptomoeda que tiverem na carteira até março desse ano.

O site Coindesk entrou em contato com Andrey Kuzenny, um dos diretores e acionistas da empresa, além de administrador em um canal do Telegram. Andrey confirmou que o e-mail era legítimo e que foi enviado por eles para os clientes.

Kuzeny também disse que não poderia esclarecer mais sobre a atual situação por motivos legais. Porém, um usuário do Telegram perguntou a Kuzenny no canal de chat se a empresa poderá devolver investimentos no WTT (Giga Watt Token) com o valor de investimento original em BTC. Kuzenny respondeu que “não, não é possível”.

A Giga Watt tinha um token bem interessante. A moeda era uma utilidade e cada WTT correspondia ao valor de 1 Watt dos equipamentos usados na empresa. Com o grande consumo de energia por parte as mineradoras, é possível entender porque a moeda foi tão atraente.

Quando a ICO teve início, ela recebeu nota alta por diversos avaliadores. A nota era baseada na capacidade de valorização do Token. Infelizmente, os investidores e hodlers de WTT agora possuem uma moeda que logo não terá nenhum valor.

A companhia também vai devolver alguns equipamentos de mineração para os clientes, segundo o e-mail. Os clientes que tiveram o equipamento removido antes do fechamento completo serão notificados por e-mail nas próximas semanas. Já os que possuem equipamentos ainda dentro das instalações fechadas não receberão nenhuma informação futura devido à situação legal da empresa.

Entenda por que o hard fork Constantinople foi adiado

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.