Garanta já suas férias de verão poupando com Bitcoins

0 Comentários

Imagem: Pixabay

Que tal passar suas próximas férias de verão em um lugar paradisíaco como Polinésia Francesa, Ilhas Maldivas ou Bora Bora? Saiba que seu sonho pode se tornar realidade, principalmente se resolver investir no mercado de ? Só em 2017, a moeda Bitcoin registrou uma valorização estratosférica de 1,400%, de US$1,000 para US$ 19,300 em menos de 12 meses, tornando-se uma opção de  extremamente atrativa e rentável. ​Saiba mais aqui sobre o que é Bitcoin.

Apesar da alta volatilidade, o excelente desempenho das criptomoedas chamou ainda mais a atenção dos investidores, que já reconhecem a grande oportunidade de ganhar dinheiro com . Desde o final do ano passado, a moeda digital Bitcoin registrou uma considerável queda em seu valor, mas apresentando ainda maior rentabilidade em relação aos investimentos mais tradicionais.

Que tal passar suas próximas férias de verão em um lugar paradisíaco como Polinésia Francesa, Ilhas Maldivas ou Bora Bora? Saiba que seu sonho pode se tornar realidade, principalmente se resolver investir no mercado de criptomoedas? Só em 2017, a moeda Bitcoin registrou uma valorização estratosférica de 1,400%, de US$1,000 para US$ 19,300 em menos de 12 meses, tornando-se uma opção de investimento extremamente atrativa e rentável. Saiba mais aqui sobre o que é Bitcoin.

Apesar da alta volatilidade, o excelente desempenho das criptomoedas chamou ainda mais a atenção dos investidores, que já reconhecem a grande oportunidade de ganhar dinheiro com Bitcoins. Desde o final do ano passado, a moeda digital Bitcoin registrou uma considerável queda em seu valor, mas apresentando ainda maior rentabilidade em relação aos investimentos mais tradicionais.

Tecnologia segura e descentralizada

As criptomoedas vieram para solucionar o maior problema existente atualmente na Internet: a segurança. Elas estão conquistando cada vez mais adeptos ao oferecerem uma tecnologia extremamente segura e descentralizada, baseada em criptografia e rede .
A criptografia é uma técnica criada e utilizada desde a Grécia Antiga, que consiste em transformar a informação original em uma mensagem impossível de ser decifrada. Apenas seu destinatário, que detém a chave correta, consegue acessar e identificar a informação enviada.
Já a tecnologia blockchain, também conhecida como de dados distribuído, compartilha de forma segura as informações de uma rede formada por diversos “nós” ou computadores. Para que uma transação seja validada, é preciso que todos os “nós” da rede aprovem a transação, garantindo assim maior segurança e veracidade das informações.

Leia também  É hora da auto-regulação: manipulação e abuso de mercado nas criptomoedas continua alto

Saiba mais aqui sobre o que é tecnologia blockchain, e como ela pode ajudar as pequenas empresas a crescer.

Como funciona o mercado das criptomoedas?

O Bitcoin e as demais moedas digitais já estão sendo utilizadas para troca, compra e venda de diversos produtos e serviços no Brasil e no mundo. Representam assim um excelente investimento graças à potencial expansão do mercado, e seu alto poder de valorização.

Saiba mais como funciona o mercado Bitcoin em Brasil.
Investir em moeda Bitcoin ou demais criptomoedas pode ser mais fácil do que imagina. Após tirar todas as suas dúvidas sobre esse mercado e avaliar suas finanças, chegou a hora de obter criptomoedas.

Como obter Bitcoin e demais criptomoedas?

Você pode querer comprar Bitcoin ou pode querer gerar Bitcoin através da mineração. Essa atividade demanda um hardware robusto e específico para resolver as equações matemáticas supercomplexas necessárias para a criação de uma nova . Além disso, irá precisar deter um profundo conhecimento técnico sobre o funcionamento das moedas digitais.

É possível obter Bitcoin e outras moedas digitais através da mineração em nuvem, mineração em nuvem peer-to-peer, e também através de seu próprio hardware.
Na mineração em nuvem paga-se uma taxa de mineração por um determinado período de tempo. Já com um hardware próprio, você é quem irá determinar o tempo de mineração. No entanto, é importante observar que a atividade de mineração demanda um alto consumo de energia.

A empresa Genesis Mining, por exemplo, considerada a melhor mineradora de Bitcoin em 2017 em mineração na nuvem, está localizada na Islândia, onde a energia renovável utilizada é bem mais barata do que no Brasil. Para se ter uma ideia, na Islândia gasta-se hoje mais energia elétrica com mineração de criptomoedas do que com pessoas.

Leia também  Por que a entrada de investidores institucionais transformará o mercado das criptomoedas

Já na mineração na nuvem peer-to-peer, ao invés de você comprar o direito de mineração de uma empresa, compra-se de uma pessoa, que esteja de preferência localizada em um lugar onde a energia tenha menor custo.
Caso opte em adquirir um hardware, você pode fazer a mineração sozinho ou participar de um pool de mineração, formado por vários mineradores, que compartilham os lucros de acordo com a sua contribuição na geração de Bitcoins.

Se preferir comprar Bitcoin e outras moedas digitais recomendamos as corretoras online: eToroCoinX e 24option. Cada uma delas dispõe de um conversor de moeda Bitcoin online. Uma vez que a conta for aberta com seus dados pessoais e comprovação dos documentos, basta transferir o dinheiro da sua conta corrente e fazer a compra.

O Bitcoin, por ter sido a primeira moeda digital lançada no mercado, é o mais conhecido e com a maior representação, mas há também moedas digitais como Bitcoin Cash (), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC).

Leia também  E aí Bill, tem coragem? Tyler Winklevoss explicou a Bill Gates como "apostar" contra o Bitcoin

Comprei, e agora?

Agora, que adquiriu algumas criptomoedas, é preciso encontrar uma forma segura de armazená-las, para poder utilizá-las na hora certa. Recomendamos também criar uma carteira Bitcoin, que permite enviar dados seguros para outras carteiras através da tecnologia blockchain.
As criptomoedas consistem em chaves digitais criptografas, que são utilizadas para acessar um endereço específico e assinar as transações. Essas informações ficam armazenadas de forma segura nas carteiras (wallets).

As carteiras podem ser online. Há ainda carteiras em forma de aplicativos, que representam uma opção mais segura para armazenar Bitcoins e demais moedas digitais. Há também a opção de baixar um software em seu computador e ainda utilizar carteira em papel.

Saiba mais sobre os tipos de carteira, e escolha já a sua.

Lembre-se:
1- Investir em criptomoedas é altamente arriscado e especulativo. O mercado não é regulamentado. Qualquer um que esteja considerando o investimento em criptomoedas deve estar preparado para a possibilidade de uma eventual perda total do investimento.
2- O Bitcoin é um código digital gerado através da técnica de criptografia. Por isso, aconselhamos que seja feito também o backup offline das moedas.
3- Para realizar o backup, utilize um pendrive ou um hard drive externo. No entanto, há quem prefira imprimir o código e guardá-lo no cofre.

Conclusão:

Agora que você já tem uma ideia geral do mercado Bitcoin e como funciona, que tal já começar a colocar em prática todo o seu conhecimento adquirido em criptomoedas? E começar a poupar para as suas próximas férias de verão?