Funcionários do governo da Crimeia são demitidos após minerar Bitcoins nos PC’s do Governo

0 Comentários

Dois trabalhadores de TI empregados pelo da foram demitidos no final do mês passado, depois que eles utilizaram computadores do governo para minerar de Bitcoins no trabalho.

A RIA Novosti relata que os dois indivíduos não identificados eram funcionários do Conselho de Ministros da Crimeia, parte do poder executivo do território. O serviço de notícias indica que os trabalhadores instalaram de mineração em computadores pertencentes ao conselho, embora o relatório não indique quanto tempo a operação estava em vigor.

Através da mineração – o processo intensivo de energia pelo qual novas transações são adicionadas a uma – os dois teriam levantado apenas uma pequena quantidade de antes de serem descobertos.

Se o governo está perseguindo acusações contra os indivíduos permanece incerto neste momento.

Leia também  O caso contra os "contratos inteligentes atualizáveis"

O incidente é a última instância em que um funcionário usou recursos oficiais para minerar Bitcoin – apenas para ser pego e demitido por fazê-lo.

Em janeiro, um funcionário de TI do conselho de administração da  foi multado em US$ 5.000 e colocou em liberdade condicional depois de usar um servidor para minerar Bitcoins. Mais tarde, em julho, um funcionário da cidade de  foi disciplinado depois de ser pego usando um computador do governo para minar Bitcoins.

Fonte: Coindesk.com
Tradução: Guia do Bitcoin


Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin. Nossos canais oficiais:

Grupo no Facebook (novo): https://www.facebook.com/groups/bitcoinealtcoins/
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Leia também  Governo do Vietnã planeja oficializar e regulamentar criptomoedas até 2018
[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]