Forbes encoraja leitores a comprarem Bitcoin no topo histórico

Um artigo publicado no Level-Up da revista Forbes incentivou seus leitores a comprar o Bitcoin, apesar do preço estar atualmente dentro do alcance de seu máximo histórico, seguindo ganhos de várias centenas de porcentagem ao longo do ano anterior. O artigo da revista Forbes possui um padrão consistente entre a cobertura da criptomoeda nos canais de mídia convencional, na qual ela é marginalizada e ignorada, enquanto está com baixo, e fazer hype depois que os ganhos de preços meteóricos do Bitcoin já foram feitos.

A mídia tradicional tem uma tendência de desconsiderar o Bitcoin enquanto seu preço está baixo e fazer hype após explosão

Ao longo dos anos incipientes, o Bitcoin recebeu pouca cobertura na mídia convencional, com exceção de poucas publicações de tecnologia de nicho. Durante vários anos, o bitcoin evadiu uma cobertura extensa na imprensa convencional, até que o darknet hospedasse o mercado livre anônimo e o The Silk Road começasse a chamar a atenção para facilitar a venda de narcóticos ilegais usando bitcoin como moeda. Os meios de comunicação especulavam sobre o potencial do uso de bitcoin como veículo de lavagem de dinheiro, financiamento de terrorismo e vendas de narcóticos.

Leia também  Diretor financeiro do Paypal diz: Eu acredito no Bitcoin

Pouco depois, no entanto, o bitcoin atordoou o mundo com ganhos de preços meteóricos depois de várias catástrofes econômicas mundiais, como na Venezuela ou na Índia. Uma inundação resultante de cidadãos que procuram converter suas economias para salvar valor de convulsões governamentais.

O artigo publicado pela Forbes em Level-Up nos últimos dias intitulado “Como comprar Bitcoin, agora que alcançou um High-Time” faz eco desse sentimento familiar. O parágrafo inicial afirma que “o preço de uma moeda aumentou para cerca de US$ 2.900. Se você ainda não o fez, agora é hora de comprar”.

Novos investidores devem reconhecer o impacto das principais mídias

A área de US$ 2,900 acabou por ser um topo local, com os preços de USD na Bitstamp, ultrapssando um novo recorde histórico de US$ 2980, antes de uma retração dramática que viu a maior perda de valor em dólar de 4 dias na história do Bitcoin para testar o suporte em $2100 USD . O preço recuperou parcialmente para cerca de US$ 2600, deixando os leitores do Level-Up, que podem ter comprado acima de US$ 2900 com perdas de posição em detrimento de mais de 10%, assumindo que eles resistiram à PANIC SELL a preços mais próximos de US$ 2100.

Leia também  URGENTE: Bitcoin foi proibido na Índia! Bancos não podem mais aceitar transações relacionadas a Criptomoedas

Muitas publicações cobrem o bitcoin apenas em momentos de euforia, como uma grande queda ou uma enorme alta. Muitos noticiários e até a própria TV ou mídia tradicional torna o assunto quente e quem tá do outro lado é totalmente influenciado em sua decisão.

Dica: antes de entrar no mercado de Bitcoin, estude muito! Comece investindo pouco para aprender, até sentir uma segurança maior. E lembre-se sempre: só invista o que você “pode perder”.


Quer ficar antenado sobre Ativos Digitais? Siga os nossos canais e receba atualizações todos os dias:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Linkedin: https://www.linkedin.com/company-beta/16221556

Para FMI uma regulamentação internacional das criptomoedas é inevitável

Em uma entrevista ao CNN Money, a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse que a instituição está tentando impedir o uso do bitcoin e outras criptomoedas para…

0 Comentários

Análise da Olymp Trade. Os detalhes da corretora russa

A plataforma de negociação com origem russa chamou a atenção durante a sua existência aparentemente curta devido aos elevados pagamentos que oferecem e à fama de um excelente serviço ao…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link