Fidelity é a primeira empresa a passar a “tocha da lightning”

0 Comentários

A “tocha da Lightning Network” continua passando por nomes importantes. Dessa vez, quem está carregando a tocha é a Fidelity Investiments, uma das maiores companhias de investimentos dos EUA. Além de ser o 299º usuário a receber a tocha, a Fidelity é a primeira instituição a participar da cerimônia. Através do seu departamento de ativos digitais, a empresa recebeu a tocha da Wiz no dia 22 de fevereiro.

A “Lightning torch” ou tocha da Lightning Network, é um ato simbólico de realizar uma transação simbólica de 10.000 Satoshis utilizando a rede Lightning. A transação é então passada para outro usuário.

O recebimento da tocha não é uma grande surpresa, considerando que a Fidelity é uma das grandes companhias interessadas em ajudar o mercado de criptomoedas. Em 2018 a companhia anunciou seus planos lançar uma plataforma de negociações em Bitcoin. Até o momento, mais nenhuma notícia sobre a plataforma foi anunciada.

Com mais de 7 milhões de usuários, a Fidelity pode ser uma importante alavanca para a negociação de Bitcoins, principalmente se a plataforma prometida for realmente feita.

A participação da Fidelity na passagem da tocha também pode ser boa para a Lightning network do Bitcoin, já que outras instituições podem ter interesse em participar da ação simbólica. Lembrando que a passagem da tocha tem como principal objetivo aumentar o interesse do público geral pela rede de transações rápidas.

A Lightning Network é um protocolo de pagamento em 2ª camada para a rede Bitcoin. A expectativa é que a LN resolva os problemas de escalabilidade do Bitcoin, algo que é considerado um dos principais pontos negativos da criptomoeda.

A Fidelity não é o primeiro nome importante a “segurar a tocha”. Além dela, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, o CEO da Tron, Justin Sun e o CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao também passaram a tocha.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.