Estudo mostra que em dois anos pagamentos em criptomoedas “invadiram” as ruas

Um novo estudo descobriu que mais de um terço dos proprietários de pequenas empresas acreditam que os pagamentos em criptomoedas se tornarão populares nas ruas em dois anos.

O estudo, realizado pela Paymentsense, um fornecedor de pagamento por cartão no Reino Unido e na Irlanda, revelou que 35% das 504 pequenas e médias empresas (PME) continuam confiantes quanto ao futuro dos pagamentos em moeda digital. Na verdade, os proprietários de pequenas empresas têm uma perspectiva mais otimista com 21% deles acreditando que os pagamentos em criptomoedas aparecerão dentro de um ano. Mais 25% acreditam que as criptomoedas não sairão da internet.

No entanto, apesar dessas previsões otimistas, apenas uma em cada dez (13%) pequenas empresas aceita pagamentos em criptomoedas. O jogador de futebol, Thomas Hal-Robson-Kanu, que fundou a The Turmeric Co., uma empresa que produz bebidas saudáveis, explicou que a empresa começou a aceitar pagamentos em criptomoedas no final de 2017. Ele acredita que o mercado revolucionará as transações globais para as empresas em todos os níveis.

“As transações instantâneas sem necessidade de terceiros e taxas centralizadas são uma grande vantagem”, acrescentou. “Somos uma empresa que pensa em avançar com ambiciosos planos de crescimento, então essa flexibilidade é importante para nós. As criptomoedas são uma opção de pagamento realmente empolgante”.

Curiosamente, apesar da desvalorização do mercado no início de 2018, que fez o preço do bitcoin cair para US $ 6.000, não desencorajou as PME de investir. Quase seis em dez (59%) indicaram que considerariam investir e cerca de um quinto (18%) já investindo.

Leia também  Capital de giro e organizações descentralizadas: IPO, ICO e DAICO

No entanto, enquanto as criptomoedas seguem em direção ao mainstream, Guy Moreve, diretor de marketing da Paymentsense, explicou que os donos de pequenas empresas devem considerar como as criptomoedas deverão “integrar” seus sistemas de pagamentos já existentes, já que o valor das moedas digitais pode mudar rapidamente.

“Isso tem implicações significativas para a segurança das receitas das PME”, acrescentou. “Usar um processador de pagamento confiável ou um provedor de serviços comerciais pode ajudar a se proteger contra fraudes, permitindo uma rápida troca para moeda FIAT e melhorando os processos de segurança. Para empresários em setores emergentes, pode valer a pena os riscos envolvidos, mas para outros em países mais estabelecidos, pode ser melhor esperar e ver como as coisas evoluem nos próximos seis a 12 meses”.

Guia do Bitcoin

Leia também  Queda forte! Preço do Bitcoin cai abaixo de $7.300 enquanto correção no mercado de criptomoedas continua

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]
loading...

Startup de remessas Bitspark desiste de usar Bitcoin por causa das altas taxas

Esta semana, o fornecedor de remessas de bitcoins, com sede em Hong Kong, a Bitspark, anunciou que a empresa está mudando seus serviços para a Blockchain da Bitshares em vez de…

0 Comentários

Banco Central da Rússia está desenvolvendo uma “moeda digital nacional”

O Banco Central da Rússia está testando uma série de pilotos de moeda digital para o desenvolvimento de uma “moeda digital nacional”. Falando no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo…

1 Comente
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link