Mundo: Estônia, Malta e Suíça estão entre os países líderes em blockchain

1 Comente

Resultado de imagem para blockchain mund
O surgimento e o crescimento acelerado do Bitcoin gerou mais do que apenas uma revolução da moeda digital. Empresas em todo o mundo exploraram o potencial da tecnologia blockchain em vários setores  como automotivo, telefonia e uma infinidade de alternativas revolucionárias no setor bancário, governamental e de envios.

Grandes empresas como Microsoft e Amazon tem investido pesado nesta tecnologia revolucionária. 


Mas quais países já possuem um desenvolvimento mais avançado do blockchain?

Um dos primeiros países a começar a construir uma estrutura regulatória para projetos de blockchain — e uma estrutura amigável a cripto — foi a Suíça.

  • A Suíça é a casa da Ethereum Foundation e de uma das maiores empresas de blockchain do mundo, a Crypto Valley Association (CVA), uma organização sem fins lucrativos que visa construir um ecossistema blockchain líder mundial.
    Em 2016, Zug se tornou a primeira cidade do mundo a começar a aceitar pagamentos de impostos locais em Bitcoin. O país ainda tem um sistema legal transparente, estabilidade econômica, infra-estrutura digital e segurança de dados avançada. Estando à frente da maioria dos outros países e se move rapidamente para se preparar para criar um futuro descentralizado.
  • Malta é conhecida como a ilha blockchain. Lá existe um grande crescimento de blockchain e fintech e a ilha está disposta a estabelecer uma estrutura formal para criptomoedas, ICO’s e empresas blockchain. O governo se mostra aberto à tecnologia, com projetos de Lei em andamento. A Binance abriu um escritório na ilha, o que tem contribuído para o crescimento do setor de criptos no país.
  • Estônia é uma cidade digital. Nos setores como o judiciário, legislativo, saúde, segurança já possui a tecnologia blockchain.  O país foi o primeiro a usar o serviço de votação eletrônica baseada em blockchain. Atrai inúmeras startups. Tem taxas mais baixas, o que proporciona o investimento de empresas de  criptos. A e-Residency, apoiada pelo governo do país, garante a legitimidade das ICOs e criptomoedas.
  • Japão é um dos paises mais avançados tecnologicamente do mundo. A maioria de suas lojas aceitam pagamentos em Bitcoin. Possui regulamentação para o comércio de criptomoedas. O governo e os cidadão estimulam o desenvolvimento do blockchain.
  • EUA tem o maior número de usurários de Bitcoins. Já tem lei que considera criptomoedas como dinheiro real aprovada no estado de Wyoming e o estado de Ohio começou a aceitar o pagamento de impostos em criptomoedas. O país tem um cenário positivo para cripto e abriga empresas na vanguarda blockchain. Empresas de diversos setores, bem com o governo implementam a tecnologia blockchain em seus processos de trabalho e desenvolvimento. Atrai muitas startups do mundo inteiro.

O nosso país, Brasil, também já vem dando passos importantes no avanço do blockchain em vários setores. É importante sempre a pesquisa, estudo e análise de campo e a melhor forma de se iniciar um projeto que beneficie tanto economicamente o país e o mundo. Os avanços em um país, estimula o crescimento também de outro e todos podem sair ganhando.

Leia mais: CIP anuncia primeira Blockchain Financeira Nacional

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Escreva um comentário

1 Comentário

Muito bom esta página bastante notícias importantes sobre o mercado de cripto moedas

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.