Escola Judicial de Fortaleza oferece curso de criptomoedas focado em Juízes

0 Comentários

Com a adoção das criptomoedas por todo o mercado, logo muitos setores diferentes se viram obrigados a aprender como funciona a blockchain e esses ativos. Aos poucos, a justiça também está tendo que aprender a lidar com as facetas do criptomercado.

Cada vez mais o Bitcoin está sendo assunto dentro do meio judiciário. Assim como a moeda fiat, os ativos digitais são usados em negociações falhas e que acabam se tornando ações judiciais.

Esse é o caso da Atlas Quantum, que está tendo problemas para pagar seus clientes, que começaram a procurar apoio judicial. Assim como da Unick Forex, que está na mesma situação e alguns outros nomes recorrentes nas notícias.

Com isso, os Bitcoins se tornaram objeto das disputas judiciais e que, em muitos casos, podem ser penhorados para a execução de dívidas, assim como acontece com ativos e bens tradicionais.

Mas para isso, os membros do jurídico precisam entender o mínimo de como as criptomoedas funcionam.

Sendo assim, a Escola Judicial do TRT de Fortaleza está na vanguarda deste movimento, apresentando a possibilidade para os membros do poder judiciário aprenderem mais sobre o setor dos criptoativos.

Como informou o CriptoFácil, a Escola Judicial abriu inscrições para o curso “Investigação Patrimonial: movimentações bancárias, cartões de crédito, aplicativos de tecnologia financeira e criptoativos”, que será ministrado pelo Exmo. Dr. Marcos Vinícius Barroso, Juiz do Trabalho do TRT da 3ª Região, nos dias 17 e 19 de outubro.

De acordo com as informações, o curso terá carga horário de 12 horas/aula e terá foco nos atuais métodos de movimentações bancárias, incluindo o cartão de crédito e também os criptoativos.

Os participantes aprenderão sobre as recentes modificações nos sistemas de pesquisas de dados bancários, nos painéis do Qlik Sense para análise de dados decorrentes de afastamento de sigilo bancário, cruzamento de dados bancários com dados imobiliários e do CCS, apresentar noções de como funcionam as operações com meios de pagamentos (dentre eles os cartões de créditos).

Também será ensinado o básico das criptomoedas, das exchanges e a possibilidade de penhora desses ativos digitais.

Veja também: Libra perde mais um associado – Criptomoeda está em risco?

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.