Empresas britânicas de criptomoedas se unem num projeto de “auto-regulamentação”

0 Comentários

No Reino Unido, foi criado um organização para “auto-regulação” das criptomoedas sob o nome de CryptoUK. Tal projeto inclui empresas como BlockEx, CEX.IO, Coinbase, CoinShares, CommerceBlock, CryptoCompare e eToro.

O diretor-gerente da unidade britânica eToro, Igbal Gandham, foi eleito presidente da CryptoUK.

“Muitas irregularidades são atribuídas as criptomoedas, mas acreditamos que essa tecnologia pode transformar nossa sociedade. Dias após dia continuamos ouvindo sobre os ataques difamatórios que afetam todo o mercado”. Esse foi o motivo da criação do CryptoUK: a formação de um modelo de comportamento e cooperação com governos e reguladores”

Representantes da organização já exigiram avaliações legais, separação de fundos dos clientes e empresas, relações com os clientes “honestas, transparentes e não enganosas”, além de usar carteiras frias para armazenar os fundos dos clientes.

“A CryptoUK se aproximará do governo com uma proposta para estabelecer uma regulamentação adequada para proteger os consumidores e garantir a segurança das empresas, o que levará à prosperidade desse setor no Reino Unido”, diz o comunicado.

No entanto, eles não especificam quais as medidas regulatórias que estão sendo propostas, e se as ICOs também estarão inclusas em suas atividades. No entanto, prometem desenvolver normas para tais campanhas. Também é desconhecido o papel que os reguladores britânicos desempenharão na atividade da nova organização.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.