Empresa francesa lança fundo mutual de Bitcoin na Europa com expectativa inicial de $400 milhões

O gerente de ativos com sede em Paris, a Tobam, lançou o primeiro fundo mútuo de Bitcoin na Europa. O fundo foi aprovado pelo regulador financeiro da França, a Autorite des Marches Financiers (AMF), e é classificado como um fundo de investimento alternativo.

Sr. Choueifaty, fundador da empresa, declarou que “mais e mais criptomoedas foram criadas nos últimos anos, com o bitcoin ganhando a maior capitalização de mercado e o registro mais longo, sendo também o mais líquido. Apesar do crescente interesse pelas moedas virtuais, as soluções atuais disponíveis para acessar bitcoin representam inúmeras dificuldades para os investidores “.

O fundo mútuo Bitcoin da Tobam ​​busca atingir “investidores qualificados e institucionais que desejam obter uma exposição à criptomoeda“. A empresa afirma que “enquanto o bitcoin é propenso a riscos significativos, incluindo um alto nível de volatilidade, também oferece benefícios de diversificação“. Tobam ​​declara que “acredita que o bitcoin e as criptomoedas, em geral, têm o potencial de se tornar padrões duradouros em mercados financeiros e de economia”.

Leia também  Coinone lança exchange de criptomoedas física em Seul, na Coreia do Sul

Christophe Roehri, diretor de desenvolvimento de negócios da Tobam, declarou que “o investimento direto em bitcoin pode ser operacionalmente desafiador, de lidar com a escolha da plataforma, manter as medidas de segurança adequadas em termos de custódia e gerenciar as mudanças feitas no protocolo – Hard Forks. Nosso objetivo é assumir o controle desses desafios operacionais para facilitar o acesso de investidores qualificados que desejam ganhar exposição ao bitcoin… sob o formato de um fundo”.

O fundo de investimento é registado como um fundo de investimento alternativo, o que significa que é um fundo não abrangido pela directiva europeia sobre as empresas de investimento colectivo em valores mobiliários (OICVM). Como tal, o fundo de Tobam não é negociado através de uma exchange e só estará disponível para “investidores qualificados”.

Leia também  TrumpCoin: a tentativa de uma criptmoeda financiar uma campanha política

A Pricewaterhouse Coopers é o auditora do fundo mútuo bitcoin de Tobam, e a Caceis é seu custodiante. O fundo está disponível para “investidores elegíveis em todo o mundo em uma base de colocação privada”, devido ao seu status legal como um fundo de investimento alternativo.


Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

loading...

Reino Unido já está planejando regulamentar o Bitcoin, para as pessoas “não se esquivarem dos impostos”

Um relatório regional indica em que o Tesouro do Reino Unido está “próximo de lançar regulamentos oficiais para criptomoedas e em especial o Bitcoin, em meio a crescente preocupação, de que possam ser usadas para…

0 Comentários

Análise de preço Altcoin: Momento de alta

  Nos últimos dias, os preços do bitcoin e de muitas outras criptomoedas entraram num movimento de desvalorização. Atualmente, a maioria das altcoins está na “zona vermelha”. A atual capitalização de mercado…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link