Empresa cria “Notas de Bitcoin”

8s Comentários

As notas são unidades de armazenamento a frio de valor relativamente baixo, impossíveis de serem falsificadas.

Conforme as criptomoedas vão ficando mais populares, vemos o Bitcoin, a principal criptomoeda, assumir muitos dos meios da moeda fiduciária – caixas eletrônicos, cartões de débito, derivativos financeiros e até criptomoedas cujo valor está atrelado a ativos.

Agora, foi lançado um produto interessante, uma empresa em Cingapura começou a vender notas bancárias em Bitcoin. Ou melhor, notas inteligentes.

Essas notas não são realmente feitas de papel; eles são unidades de armazenamento de hardware com um chip S3D350A fabricado pela Samsung. O que eles têm em comum com as notas é que elas representam um valor fixo e podem ser dadas fisicamente como pagamento em uma negociação. Em essência, essas notas são carteiras independentes com sua própria chave privada. O bom e velho “armazenamento a frio”.

De acordo com um post da Tangem no Medium, a tecnologia de chip é à prova de adulteração, abordando “todos os vetores de ataque em hardware e software”. Ele diz que anos de desenvolvimento de chip via cartões de crédito, cartões SIM e cartões de identidade levaram a um produto seguro o suficiente para que “o custo de hackear uma única nota seja extremamente caro”.

As notas têm uma vantagem sobre transações on-line porque o pagamento é instantâneo e não incorre em uma taxa. Eles irão, é claro, compartilhar as desvantagens de todas as transações físicas em comparação com transações on-line, isto é, segurança, distância e conveniência.

Elas estão disponíveis para compra agora nos valores de 0,01 e 0,05 BTC, de acordo com um comunicado de imprensa da empresa. No preço atual, estes são iguais a 94 e 469 dólares, respectivamente, de acordo com coinmarketcap.com.

A Tangem está sediada em Zug e tem escritórios em Hong Kong e Singapura. Seus centros de pesquisa e desenvolvimento estão em Taiwan, na Rússia e em Israel. A fabricação ocorre na Coréia do Sul e na China.

Fonte

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Escreva um comentário

8 Comentários

Bom dessa aí que posso falsificar a vontade que não é crime…Não existe direitos autorais pois é livre e nem estou falsificando dinheiro pois o BC não o reconhece assim

Crime deEstelionatono Código Penal BrasileiroArtigo171TítuloDos crimes ecônomicosCapítuloDo Estelionato e outras fraudesPenaReclusão, de um a cinco anos, e multa (caput)AçãoPública IncondicionadaCompetênciaJuiz singularverDe conformidade com o Código Penal brasileiro o estelionato é capitulado como crime contra o patrimônio (Título II, Capítulo VI, Artigo 171), sendo definido como “obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento.”[1]

Paga uma cesta básica e tá livre.O Brasil não é para principiantes

Boa sorte hackear, ou melhor “racker” kkk

Esse lixocoin vai provocar um suicídio global em massa. Vai ser tenso.

Ta serto.

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.