Eletropay participa do Shark Tank nesta sexta-feira

1 Comente

 

Shark Tank Brasil é a versão brasileira do game show estadunidense Shark Tank. O programa estreou em outubro de 2016 e é composto por grandes empresários do mercado brasileiro. Camila Farani, um dos principais nomes de investimento-anjo do Brasil, João Appolinário, fundador da Polishop, Caito Maia, fundador da Chilli Beans, Cristiana Arcangeli, empresária serial do segmento de moda, beleza e bem-estar e José Carlos Semenzato, fundador da Microlins e SMZTO Holding de Franquias, são os integrantes do Shark Tank Brasil. Negociando com Tubarões se destaca muito por todas as inovações de sucesso que já saíram do programa e agora a disrupção do século, as criptomoedas, irá invadir o palco do game show na próxima sexta-feira (11) no Sony Channel.

O Bitcoin e as demais criptomoedas serão representadas pela exchange 3XBIT através da EletroPay. O dispositivo POS é projetado para receber pagamentos eletrônicos. Outro grande diferencial é que ele suporta pagamentos com criptomoedas.

“A EletroPay estará participando do 16.º episódio da 4.ª temporada de Shark Tank Brasil, que irá ao ar no dia 11/10, às 22h, com reprise na terça-feira (15/10), às 22h. Não percam! #SharkTankBR”, anunciou a EletroPay em um comunicado no Facebook.

Rodrigo Ambrissi, do Dash Brazil, desenvolveu a ideia da máquina POS para que aceitasse Dash como pagamento. Contudo, a integração com a 3XBIT trouxe novos horizontes para o projeto. A EletroPay passou a dar suporte a outras criptomoedas, a permitir a compra e a venda das moedas digitais no próprio estabelecimento, fazendo com que ele possa a funcionar como um “mini balcão” de negociações, de forma fácil, rápida e muito segura. Além disso, transformou Saint Clair Izidoro, CEO da 3XBIT, no responsável pela Eletropay na América Latina. A confiança de Izidoro no projeto é tamanha que ele além de se tornar CEO da Eletropay, fez um pedido inicial de duas mil unidades para sua Startup 3XBIT.

“O objetivo agora é de levar para grandes varejos, para que pulverize. A ideia é que tenha bastante local, não só para recebimento, mas também como motivador para que os lojistas realizem a compra e venda de criptoativos em troca de um percentual na ponta,” afirma Saint Clair Izidoro.

A Eletropay tem enfrentado e vencido diversos desafios e apresentar seu projeto aos “tubarões” será sem dúvida um dos maiores de sua existência. A presença no Shark Tank Brasil trará uma visibilidade maior não só para a Eletropay, mas para todo o mercado de moedas digitais. Apesar de as criptomoedas estarem cada dia mais no conhecimento das pessoas, elas ainda precisam de mais espaço nas mídias para se tornarem mais conhecidas e um programa com essa magnitude pode ser um grande impulsionador para as moedas digitais.

“Estou muito feliz por conseguirmos difundir a tecnologia Blockchain e mostrar como ela pode ser utilizada na vida cotidiana das pessoas. Assistam o programa, pois foi muito legal”, afirma Saint Clair Izidoro.

 

Clique aqui para ler:Waves participa de três eventos no Brasil em outubro

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.