e-PESO: Banco Central do Uruguai anuncia plano de digitalização de sua moeda

O Banco Central do Uruguai (BCU) apresentou formalmente o lançamento de sua pioneira digitalização do peso uruguaio no dia 3 de novembro de 2017. Foi definido agora como um programa piloto, e o responsável do banco teve o cuidado de lembrá-lo “não é uma criptomoeda como o Bitcoin“, mas “uma moeda que continua a ser de responsabilidade do BCU”, de acordo com um relatório.

Uruguai emite moeda digital

No que certamente será observado pelos banqueiros centrais do mundo, a nação sul-americana, que fica entre os gigantes do Brasil no leste e a Argentina no oeste, está agindo no que até agora outros países, como a Rússia, apenas contemplaram. O Banco Central anunciou “um plano piloto de seis meses para a emissão e uso de notas digitais do peso uruguaio”, em um comunicado de imprensa.

Intitulado El BCU apresentou um plano piloto para a emissão de bilhetes digitais enfatizando que este é “um plano de teste com o objetivo de avaliar se ele se transforma ou não em uma maneira de fazer negócios o futuro. “O plano” consiste em uma prova com 10.000 usuários de telefones celulares da ANTEL, “as notas de lançamento”, que durarão 6 meses “e serão internacionais. A Administração Nacional de Telecomunicações (ANTEL) é o provedor de telecomunicações gerido pelo governo do país.

Leia também  Bancos oferecendo suporte a criptomoedas? Prepare-se para uma nova realidade

Os usuários registrados poderão interagir com os comerciantes, bem como entre pares em troca de dinheiro.

Para participar, os uruguaios “devem fazer o download do aplicativo para telefones do site epeso.com.uy, acessar a carteira digital, registrar e fazer a primeira cobrança na Red Pagos para criar a carteira digital (Cash In)”, explica o banco, acrescentando: “O mecanismo está disponível para smartphones e não smartphones”.

A Red Pagos é uma empresa nacional de pagamentos e coleta

“A primeira edição dos bilhetes digitais é de 20 milhões de pesos uruguaios, dos quais 7 milhões já foram transferidos para a Red Pagos”, declarou o banco.

“Esta não é uma nova moeda, é o mesmo peso uruguaio que em vez de ter um suporte físico tem suporte tecnológico”, afirmou o presidente do Banco Central.

Quanto ao motivo pelo qual o BCU está dirigindo esse esforço agora, Mario Bergara, o presidente do banco, sublinhou:

“É caro imprimir bilhetes, a distribuição em todo o território, a segurança para o transporte do mesmo, e também a opacidade que o bilhete físico promove.”


Novo por aqui? Já pensou em fazer um curso de trading AO VIVO e totalmente diferenciado? Conheça a Escola do Bitcoinhttp://escoladobitcoin.com

Leia também  O fim do banco como conhecemos e o interesse do setor na tecnologia por trás do Bitcoin
[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

loading...

Previous:

Como se proteger do Trojan CriptoShuffle
Postado em novembro 05, 2017

Next:

BitCast #012 - Tudo sobre a Dash, com Rodrigo Digital
Postado em novembro 05, 2017

O Preço do Bitcoin provavelmente alcançará US$2000

Com os conflitos na comunidade Bitcoin e a recente perca de marketcap para outras criptomoedas, ainda assim você acha que o bitcoin vai chegar nos US$ 2000? O preço estava em…

2s Comentários

Binance e o governo das Bermudas fecham aliança

A parceria inclui diferentes ramificações, desde o lançamento de um novo escritório até a implantação de uma exchange. Tornou-se conhecido que a Binance, a bolsa popular que arrecadou cerca de US…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link