Diretor do Banco Central da China critica o Bitcoin e defende criptomoeda estatal

Em uma reunião organizada pela União Internacional de Telecomunicações nesta semana, Yao Qian, diretor do Instituto de Pesquisas de Moedas Digitais do Banco popular da China, teria se vangloriado do potencial de uma moeda digital estatal, sugerindo que existe uma inerente falta de valor nas criptomoedas descentralizadas, como o bitcoin.

De acordo com um relatório da  Yicai, Yao também definiu uma moeda digital emitida pelo estado como forma de estabilizar a moeda fiat doméstica, melhorando assim o status financeiro do país.

Embora o jornal tenha deixado claro que os comentários de Yao refletem suas próprias opiniões, as observações revelam, no entanto, como o país pode optar por direcionar o desenvolvimento futuro da moeda digital.

Yao disse aos participantes:

“O valor das criptomoedas, como o bitcoin, vem principalmente da especulação do mercado. Será um desastre reconhecê-lo como uma moeda real. E a falta de valor determina inerentemente que o bitcoin nunca poderá ser real”.

Lançado pelo banco central da China em junho deste ano, o Digital Currency Research Institute concentra-se em pesquisas e desenvolvimentos relacionados à moedas digitais baseada na blockchain. Atualmente o chefe do instituto, Yao também atuou como vice-diretor do departamento de tecnologia do PBoC.

Leia também  Walmart utiliza Blockchain em sua cadeia alimentar e ampliará os investimentos na tecnologia

Em outra situação, Qian criticou ainda mais o bitcoin. Ele declarou que a natureza deflacionária dos sistemas econômicos que utilizam a tecnologia poderia ser um obstáculo ao seu sucesso. “Um limite total de 21 milhões, como o do bitcoin, cujo suprimento atual também se reduz a cada quatro anos, é um problema para a evolução da moeda”, disse ele.

Yao continuou a argumentar que uma moeda digital estatal, no entanto, cria valores econômicos tangíveis e ajuda a estabilizar a posição de mercado das moedas fiat.

“A natureza de uma moeda digital estatal é uma responsabilidade do governo emitida para o público”, disse ele. “E é apoiada pela credibilidade soberana”.

No entanto, a Yao adota uma abordagem diferente da visão atual dos projetos de outros bancos centrais que se concentram na tecnologia de livros contábeis distribuídos.

Leia também  Boatos: Twitter proibirá a propaganda de Criptomoedas e ICOs em duas semanas

Citando o conceito de design RSCoin pelo Banco da Inglaterra como um exemplo promissor, Yao argumentou que essa moeda digital estatal não deveria ser confinada pela ideologia da cadeia de blocos e da DLT.

“RSCoin retrata um sistema que é controlado pelo banco central”, disse ele. “O papel dos bancos centrais pode não ser apenas decidir quanto fornecer, mas também projetar a regra do algoritmo de fornecimento”.

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin


Acompanhe notícias todos os dias sobre Bitcoin e Criptomoedas:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Posts relacionados

Leia também  CEO da Mastercard chama o Bitcoin e as criptomoedas de "lixo"

Mega banco de Wall Street está desenvolvendo uma blockchain privada do Ethereum

O mega banco de Wall Street, o JP Morgan, está silenciosamente co-desenvolvendo uma versão privada da Blockchain do Ethereum, com permissão oficial da rede Ethereum. O projeto, foi apresentado durante…

0 Comentários

Análise técnica projeta queda do Bitcoin para US$600 (R$1866)

Prepare-se para o mergulho. O preço do bitcoin entrou numa área de grande distribuição que pode quebrar o suporte em US$ 900 e testar os US$ 700 e talvez até…

2s Comentários