Diretor do Banco Central Europeu diz que o Bitcoin no mercado de futuros é uma ameaça

0 Comentários

Yves-Mersch banco central europeu

O diretor da instituição argumenta que, se algo der errado com a criptomoeda, os investidores não devem reclamar aos bancos centrais por não os ter protegido.

Embora a maioria das grandes corretoras já estejam se preparando para incluir o bitcoin no mercado de futuros em suas plataformas, os bancos centrais não estão muito felizes com isso. Um representante da diretoria do Banco Central Europeu (BCE) tem dito que o mercado de futuros do bitcoin é uma ameaça para a estabilidade financeira de todo o sistema bancário.

Em uma entrevista ao jornal alemão Börsen-Zeitung, o diretor do Banco Central Europeu Yves Mersch, fez uma declaração séria sobre as instituições financeiras investir em futuros de Bitcoin, como os que estão sendo oferecidos pela CBOE e CME. Ele disse:

Agora, há bancos que deram uma chance ao Bitcoin. Os gestores têm a responsabilidade de julgar o quão grande são os riscos de quem investe nesse mercado, mas o que mais me preocupa é que quando as bolsas de valores entrarem nesse negócio, isso representará uma grande ameaça para a estabilidade financeira.

Se essas transações forem mantidas separadas das outras, quem ganha e quem perde é uma questão secundária. No entanto, se todos os participantes dos centros financeiros envolvidos são solidariamente responsáveis, isso pode criar dificuldades para os bancos ou para todo o sistema como um todo. O detalhe é que, se o sistema bancário ter problemas, haverá novamente demandas de apoio do Banco Central Europeu, que, desde o início, diriam: “não se envolvam com isso”.

Banco Central Europeu

O diretor do BCE, que há um mês propôs que os bancos criassem um tipo de dinheiro digital para enfrentar a crescente popularidade do Bitcoin, agora declara que as criptomoedas não pode se tornar uma alternativa real ao dinheiro do banco central.

O dinheiro precisa de confiança. Moedas como o euro têm o apoio de instituições públicas como o BCE, mas quase todas as criptomoedas não têm o apoio de ninguém”.

Atualmente, vários banqueiros estão empolgados com a tecnologia Blockchain, mas Mersch pensa que, na realidade, “esse é um desafio que todos devemos enfrentar, e cada instituição deve saber que, no futuro, teremos que lutar pela intermediação financeira” .

Mersch continuou a dizer que as negociações de Bitcoin como tal não é um problema para a política monetária, uma vez que os montantes totais variam entre 250 e 350 bilhões de euros, um volume relativamente baixo em comparação com o que é negociado no mercado Forex, que ultrapassa os trilhões, mas quando se fala sobre a volatilidade da criptomoeda mais popular, o banqueiro fica preocupado:

Estamos vendo uma perturbação especulativa que pode ser de grande preocupação, mas, claro, os investidores individuais podem apostar. No entanto, se algo der errado, eles não devem nos procurar e dizer que deveríamos ter protegido eles”.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.