De olho no mercado: quais são as Top 10 Altcoins de antes e agora?

Enquanto o preço de bitcoin quebrou um novo máximo de todos os tempos de US$ 1,220, o top 10 de criptomoedas alternativas (altcoins) também tem um aumento do pico. O aumento no preço do bitcoin trouxe de volta muitas lembranças do aumento de 2013, mas há diferenças consideráveis nos mercados de altcoins entre as duas corridas de bitcoin.

As Top 10 Altcoins no mercado de 2013

Em 23 de fevereiro de 2017, o preço por bitcoin atingiu um máximo de mais de US$ 1.200 em muitas bolsas globais. O preço ultrapassou a alta de 2013 de 1.165 dólares sob novas circunstâncias e um ambiente totalmente diferente de criptomoedas. Hoje em dia, há inúmeros novos tokens, ICOs e mais de 700 altcoins tentando competir com a extensa rede do Bitcoin.

Em 2013, havia muito menos rivais de altcoins na existência quando o preço do bitcoin atingiu os US$ 1,083 por 1 BTC em 01 de dezembro daquele ano. Além disso, os dez maiores títulos com as capitalizações de mercado (marketcap) mais altas eram totalmente diferentes do índice de hoje. As únicas duas altcoins que permanecem no Top 10 hoje a partir de 01 de dezembro de 2013, são a Litecoin e a Ripple. Durante esse tempo, a Litecoin obteve um impulso significativo do pico do preço de bitcoin porque o preço por LTC era $ 39.

Leia também  Comparação entre o LISK e o ETHER

Além da  Litecoin e Ripple estarem no topo em 1 de dezembro de 2013, as 10 principais capitalizações de mercado de criptomoedas foram moedas como Peercoin, Namecoin, Megacoin, Feathercoin, Worldcoin, Primecoin, Freicoin e Novacoin. Na época, um Peercoin (PPC), a “primeira prova de participação” token [Nota do Editor: Peercoin ainda usa prova de trabalho para partes importantes de seu sistema], foi de cerca de US$ 7 e manteve o quarto maior mercado de criptomoedas.

No entanto, a Peercoin agora detém a 37 ª posição e vale apenas 30 centavos por PPC. Muitas das criptomoedas que costumava estar no Top 10, são ou estão perto de ter valor algum ou não têm comunidades inexistentes. No entanto, muitos desses membros da comunidades altcoins prometeram tecnologia de criptografia “mais avançada” e contos de que um dia conquistaria a liderança do bitcoin.

As Top 10 criptomoedas de agora (2017)

Atualmente, há uma nova lista inteira de criptomoedas que detêm as dez posições de limite de mercado. O preço da Bitcoin está pairando em torno da faixa de US$ 1.150 – $1.175, e as altcoins acima têm tido seus próprios picos de preços menores também. A segunda maior cotação de mercado de criptomoedas é a Ethereum, com mais de US$ 14 por Ether no momento da postagem original. A Ripple (XRP) detém a terceira posição este ano, como fez em 2013.

Leia também  EncryptoTel lança plataforma de VoIP inovadora e segura utilizando a Waves

O quarto maior mercado é atualmente detido pela Dash, que recentemente adquiriu a posição. A Dash tem visto um aumento meteórico de preços nos últimos meses, e um Dash está atualmente com preço de mais de US$ 27. A moeda que manteve o segundo maior posto em 2013 foi a Litecoin, que agora detém o quinto maior mercado. A Litecoin não viu uma elevação significativa da ascensão do preço de bitcoin, e o preço por 1 LTC gira em torno de $3.80.

O resto da gangue que segura as 10 posições em 2017 são moedas como Monero, Ethereum Classic, Maidsafecoin, NEM e Augur. Uma moeda notável que foi subindo a escada ao longo das duas últimas semanas é a Zcash (ZEC), que agora detém a 15ª posição e atualmente tem um preço de 29 dólares por ZEC.

O que acontecerá com as melhores criptomoedas de 2017 nos próximos 4 anos?

As coisas mudaram bastante desde o pico de preço de bitcoin em dezembro de 2013. Muitos das altcoins que eram supostamente “quentes”, não fizeram muito bem jus sobre sua proposta dos últimos quatro anos. A questão é que altcoins como Ethereum, Monero e Dash conseguirão manter seu peso daqui a quatro anos? Muitas das fichas de hoje são bem diferentes das meras reproduções de Bitcoin, Litecoin e derivados de Peercoin. Alguns acreditam que as criptomoedas de hoje têm mais a oferecer do que as altcoins do passado com conceitos como plataformas de governança, métodos de anonimato mais recentes e contratos inteligentes. E haverá sempre aqueles que acreditam que os atuais Top 10 altcoins são tão inúteis quanto as de 2013.

Leia também  Ethereum Classic? Entenda o porque o ETH se dividiu em dois e ainda é inseguro

E tudo isso, até agora, pois ainda esse ano, o mercado pode mudar, e muito. Nossa dica? Esteja sempre ligado nas notícias e acompanhe de perto o projeto da Altcoin que você investe!

Qual a sua opinião sobre as Altcoins?

Via: News Bitcoin
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin


Siga nosso canal no Telegram e não perca uma notícia sobre Bitcoin: telegram.me/guiadobitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *