Dados de usuários da Unick Forex são vazados

2s Comentários

Recentemente, a Unick Forex, uma empresa que está sendo constantemente acusada de esquemas de pirâmide e de ponzi, tem estado sob os holofotes dos veículos de notícias ligados ao criptomercado. O próprio Guia do Bitcoin já andou falando sobre a empresa, em um post mais antigo e mais recentemente na notícia de que um suposto escritório da empresa foi fechado.

As notícias sobre a empresa aumentaram bastante desde que o site entrou em manutenção depois de uma live no Facebook, alguns atrasos de pagamento ocorreram e surgiram outras bandeiras vermelhas que deixaram alguns investidores assustados e muitos apoiadores na defensiva.

Nos últimos dias, foi lançada a notícia de que a Unick Teria sido hackeada e que dados de usuários tinham sido roubados. Em um vídeo do canal Ronald Silva, ele apresenta uma captura de tela que mostra como supostamente estava o site da Unick logo antes de entrar em manutenção.

 

O anúncio feito pelo hacker dizia que ele tinha dados de diversos usuários e que, se um resgate em Bitcoin não fosse realizado, as informações seriam vazadas. Algumas pessoas desconfiaram da informação do vídeo e disseram que o Youtuber estava apenas fazendo sensacionalismo barato para conseguir algumas views.

Porém, não muito tempo depois, a Unick anunciou que estava sofrendo ataques de hackers e que a manutenção no site era justamente para aumentar a segurança de todo o sistema (o comunicado também atacava a imprensa especializada, algo que vamos falar mais sobre logo).

A acusação então era de que a Unick tinha sido vítima de um ataque de ransomware, independente de ser realmente um esquema de pirâmide como muitos acusam ou não. Agora o fato pode estar comprovado, com o hacker vazando informações nos grupos das redes sociais.

Dados vazados da Unick Forex

O canal do Youtube Investimentos Digitais, foi um dos primeiros a falar sobre o vazamento de dados, seguido por diversos outros portais de notícias, como o Cointimes e o Livecoins. Segundo informações, dados de 36 mil clientes da Unick Forex foram expostos. Os dados foram vazados inicialmente no grupo Bitcoin Brasil. Membros da empresa que tiveram dados vazados confirmaram a veracidade da lista.

O arquivo que continha os dados dos clientes da Unick foi disponibilizado em uma URL pública. A lista de informações não é nada pequena, basicamente todo dado cadastral usado pelos usuários está em posse dos hackers. Existem informações como Nome, telefone, login da Unick, senha, indicador, tipo de conta bancária, endereço completo, telefone e muito mais.

Entre os muitos dados supostamente vazados, estão também os de alguns peixes grandes a Unick, o que fez com que muitos usuários começassem a especular que o ataque hacker pode ter sido um trabalho interno para justificar algum exit scam. Mas como dissemos, isso é apenas especulação de alguns membros da comunidade.

A verdadeira ameaça imediata está por conta dos arquivos vazados e que os hackers prometeram que vão vazar muito mais caso o resgate pelas moedas não seja pago. Atualmente, o grupo quer um total de 4 BTC para deletar todas as informações sem exposição. Segundo as ameaças, até mesmo dados bancários serão revelados. Até o momento dessa publicação, nenhum valor ainda tinha sido transferido para a carteira do grupo hacker.

Unick vs Imprensa especializada

A Unick, com o aumento das notícias sobre investigações relacionadas à empresa, denunciou diretamente os portais de notícias, dizendo que as entidades estão publicando fake news com o único intuito de prejudicar a empresa.

Porém, o que os veículos informativos fazem é apenas informar os acontecimentos relacionados a esse assunto e muitos outros. A defensiva dos investidores e dos administradores da Unick em relação a qualquer notícia com tendência negativa ao negócio é uma das principais bandeiras vermelhas em relação à legitimidade da empresa.

Entre todos os sites, o mais atacado pela empresa foi o Portal do Bitcoin, que vem acompanhando bem de perto as acusações e a investigação da Unick. Porém, assim como os outros sites listados aqui neste artigo, não existe uma campanha de ódio paga pelos grandes bancos para tentar prejudicar a Unick. A missão do Guia do Bitcoin e de todos os outros portais de notícias e informação é ajudar a aumentar a adoção das criptomoedas e fazer parte da força que move o mundo para a descentralização.

Veja também: Paxos quer tokenizar ativos tradicionais ainda esse ano!

Escreva um comentário

2 Comentários

Informação e tudo!https://goo.gl/pdCyUR

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.