Criptos podem impulsionar a economia africana, diz especialista

0 Comentários

Em uma participação no evento Luno Meet, especialistas em blockchain da Nigéria – citaram que o continente africano é um dos locais menos explorados no mercado de criptografia, aproveitando ainda para pedir regulamentações visando o fortalecimento do setor e assim um possível impulsionamento na economia local.

Durante o evento intitulado de “Construindo Confiança no Mercado de Criptomoedas da Nigéria”, especialistas da indústria de blockchain discutiram ideias para uma maior adoção das criptomoedas.

Lucky Uwakwe, diretor de operações da Blockchain Solutions Limited – citou alguns dados interessantes sobre o mercado de criptos durante sua participação ao público.

Segundo pesquisa da Luno Nigéria citada por ele, 65% das pessoas do estudo já ouviram falar de criptos, além de que 25% já possuem alguma exposição aos ativos criptográficos e 51% veem as criptomoedas como uma forma de investimento.

Além disso, 19% das pessoas que responderam – já utilizaram criptomoedas para remessas e 16% para realizar compras através da internet.

Embora as estatísticas demonstrem valores um pouco distorcidos – devido à baixa amostragem, a intenção de Uwakwe era a de informar a crescente ascensão que o a tecnologia blockchain e as criptomoedas estão passando.

Ainda segundo ele, se a Nigéria não se atualizar a tempo, poderá ficar para trás. Em sua participação ao público, ele citou o Bitcoin:

O Bitcoin é a primeira criptomoeda a usar a tecnologia peer to peer. É uma implementação mais simples da tecnologia blockchain. Funciona como uma ferramenta de pagamento que pode ser usada para enviar dinheiro e carrega valor como uma ferramenta de investimento.”

Ainda durante o evento, Owenize Odia – gerente nacional e especialista em blockchain da Nigéria, não deixou de falar sobre a importância da regulamentação para trazer confiança ao mercado:

A regulamentação é fundamental, mas deve ser específica do país, uma vez que pode trazer credibilidade ao mercado, mesmo que bancos tentem distanciar as operações com criptomoedas.”

Por fim, ele citou que a natureza descentralizada e universal do ecossistema poderia ser um grande catalisador para o crescimento da economia nigeriana, visto que atenderia as necessidades de seu povo.

Continue lendo: População da África do Sul usa Bitcoin para fugir da recessão do país

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.