Relatório mostra que criptomoedas podem impedir lavagem de dinheiro melhor que dinheiro Fiat

2s Comentários

Legisladores e inimigos das criptomoedas no mundo todo, frequentemente apontam a lavagem de dinheiro como uma fonte potencial de preocupação com a popularização das criptomoedas. No entanto, um novo relatório da agência de notícias VentureBeat explica por que as criptos na verdade oferecem um modo de identificação dos usuários e prevenção da lavagem de dinheiro.

Recentemente o presidente Donald Trump foi ao Twitter para atacar o Bitcoin. Depois disso, um projeto de lei para “impedir as Big Tech de criarem suas próprias criptomoedas” teria vazado, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que as criptomoedas são uma “questão de segurança nacional

Estes são apenas alguns dos mais recentes problemas regulatórios enfrentados pelas criptomoedas. A maioria dos “inimigos” das criptomoedas referem-se a preocupações com a lavagem de dinheiro como um dos principais obstáculos a serem eliminados antes da adoção em massa e a aceitação regulatória poder ocorrer.

No entanto, essas preocupações de lavagem de dinheiro utilizando criptomoedas são, na verdade, muitas vezes exageradas. De acordo com um relatório recente da VentureBeat, as criptomoedas realamente podem ser usadas para fins maliciosos – no entanto, o relatório também afirma que as criptomoedas podem resolver o problema da lavagem de dinheiro. 

Em primeiro lugar, o artigo – escrito por Tom Robinson, co-fundador da empresa Elliptic, destaca como os pagamentos ilícitos ainda diminuem o uso ilícito de Bitcoins. 

Cerca de US$ 829 milhões em Bitcoin foram gastos em pagamentos pela DarkWeb até o momento em 2019. Como tal, essa é apenas uma fração da enorme quantia de US$ 2,2 trilhões em pagamentos ilícitos tradicionais gastos todos os anos.

Consequentemente, o uso do Bitcoin para pagamentos ilícitos na verdade representam uma parcela muito pequena. Apesar dos comentários negativos pintarem as criptomoedas como intrinsecamente ligada à lavagem de dinheiro.

A VentureBeat destaca que à medida que aumentar o uso das criptomoeda no setor institucional e de varejo, esse mito, estará sendo cada vez mais refutado. Além disso, a conscientização de que as transações em criptomoedas geralmente não são anônimas, mas sim bastante transparentes, está crescendo.

Como tal, uma quantidade crescente de pessoas percebe que pagamentos ilícitos podem ser identificados e rastreados. Como resultado, a lavagem de dinheiro pode, em muitos casos, ser mais difícil de se obter usando criptomoedas em comparação com o uso de moedas fiduciárias.

Isso ocorre porque a maioria das criptomoeda, incluindo a Libra, a criptomoeda do Facebook, são baseados em registros de transações. Devido a isso, qualquer um pode facilmente baixar a blockchain Bitcoin para ver os detalhes de todas as transações.

Resta saber quanto tempo levará para os reguladores deixarem essa opinião sobre as criptomoedas de lado e aceitarem o fato de que elas podem na verdade ajudar as empresas a cumprir suas obrigações contra a lavagem de dinheiro.

Clique aqui para ver: Bakkt vai começar hoje testes de contratos futuros Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.