Criptomoedas: inovação tecnológica sem precedente

As criptomoedas são uma tecnologia inovadora que quebra paradigmas e que têm o potencial de revolucionar a estrutura econômica tradicional e mudar como os bancos e as instituições financeira operam. As criptomoedas permitem que transações digitais ocorram sem a necessidade de um intermediário ou terceira parte envolvida. As transações via criptomoedas são protegidas e criptografadas ao passo que são verificadas pelo computador/celular do usuário que está ligado à rede da moeda. As transações são registradas via blockchain. Os blocos agem como planilhas e uma vez que um bloco se torna cheio, um novo bloco é criado. Todos os blocos são ligados entre si usando hash´s e uma sequência cronológica linear desses blocos é formada em uma cadeia de blocos. Isso garante que cada transação é gravada digitalmente para manter a segurança em seu nível mais alto. Ainda que as transações sejam registradas, as informações dos participantes individuais nelas não são reveladas.

Leia também  O preço do Bitcoin chegará aos US$ 4.000?

Uma vez que as criptomoedas são completamente presentes na nuvem, elas não têm uma forma física, mas um valor digital e por causa disso esse dinheiro só pode ser rastreado quando convertido em dinheiro fiduciário. A organização que as criptomoedas possibilitam às pessoas que preferem a privacidade criou uma grande revolução no sistema de banco central de um país isso, mais ou menos, no mundo todo. As criptomoedas colocaram o poder econômico que estão no governo e nas instituições financeiras em cheque.

As criptomoedas têm o poder de mudar fundamentalmente a forma como trocamos valor (moeda). Elas são promissoras o suficiente para transformar de forma radical as formas como registramos e guardamos qualquer documentação de qualquer fonte. A blockchain permite às pessoas revelarem seletivamente diferentes aspectos e atributos sobre si mesmas que as ajudem nas negociações ou interações. Essa identidade portátil sobre o mundo físico garante que podemos negociar de uma forma completamente nova. Isso garante transparência de interações. Indivíduos não precisam se conhecer ou confiarem um no outro pois eles têm a habilidade de monitorar ou validar a cadeia de blocos eles mesmos. Uma data base descentralizada que tem a mesma eficiência de um monopólio, mas sem criar uma autoridade central.

Leia também  Cardano: Um novo disruptor no mercado de Criptomoedas?

(Askrypto)
Fonte: medium.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Bitfury recebe as boas vindas na Noruega para minerar criptomoedas

A gigante Bitfury está envolvido na produção do software e hardware necessários para atividades de mineração. Com a nova parceria, a empresa estabeleceu um novo centro de dados na Noruega. Em seguida, eles planejam…

0 Comentários

A segunda estréia do Bitcoin no mercado de futuros pode atrair volume para esse mercado selvagem

O segundo lançamento dos futuros bitcoins nos Estados Unidos é visto como um outro passo em direção a grandes investidores institucionais que se precisam se preparar para um ativo volátil…

0 Comentários