Criptomoeda TRON chega a 1 milhão de carteiras em 6 meses

1 Comente

O protocolo descentralizado TRON (TRX) – criado pelo jovem chinês Justin Sun, recentemente ultrapassou a marca de 1 milhão de carteiras de usuários.

Segundo estatísticas divulgadas no Twitter por Misha Lederman, cofundador do projeto IAmDecentralized.org – a rede TRON levou exatos 184 dias desde seu lançamento para atingir a incrível marca de 1 milhão de carteiras, no dia 23 de dezembro.

A TRON é um projeto inicialmente lançado como um token ERC-20 da rede Ethereum, que no começo deste ano migrou para sua mainnet, realizando o swap de seus tokens.

A criptomoeda visa oferecer segurança, escalabilidade e privacidade, além de retirar o poder de grandes corporações acerca do conteúdo produzido, buscando dar autonomia ao conteúdo criado pelo próprio usuário.

Lederman, não deixou de comentar a velocidade que a rede Ethereum levou para atingir o mesmo número de carteiras – que foi de 542 dias, ou mais ou menos 1 ano e meio, bem além da Tron que chegou ao marco em apenas 6 meses.

De acordo com dados do Coinmarketcap, o Ethereum é a terceira maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de aproximadamente US $ 14 bilhões. A TRON encontra-se na décima posição com um marketcap de US $ 1.4 bilhões.

Conforme publicado no Guia do Bitcoin em agosto deste ano, o número de transações na rede TRON já era quase metade das da rede Ethereum.

Continue lendo: TRON poderá ter mais de 80 dApps nos próximos meses

Escreva um comentário

1 Comentário

Ótimo, viva as criptomoedas.http://www.sandrovieira.com.br

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.