Cripto-investidor processa a AT&T por roubo avaliado em US $ 24 milhões

0 Comentários

Um cripto-investidor norte-americano entrou com uma ação no valor de US $ 224 milhões contra a empresa de telefonia AT & T na quarta-feira, apontando que a gigante de telecomunicações supostamente fez com que ele perdesse cerca de US $ 24 milhões em .

Michael Terpin apresentou denúncia de 69 páginas ao Tribunal Distrital dos EUA em Los Angeles, onde alega que a AT & T “cooperou” com o , violando de seus deveres estatutários e falhando em cumprir seus compromissos em sua Política de Privacidade”, ele perdeu quase US $ 24 milhões em criptomoedas.

Terpin afirmou que através da os tokens digitais foram roubados por meio de um “roubo de identidade digital” de sua conta de celular. Terpin foi vítima de dois ataques dentro de sete meses.

Leia também  Banco Central da Albânia emite alertas para investidores de criptomoedas

No primeiro ataque hacker, Terpin alegou que um funcionário da AT&T não exigiu um comprovante de identificação válida ou fornecesse uma senha. Esse número de telefone foi usado para acessar as contas de criptomoeda da Terpin.

“O que a AT&T fez foi como um hotel dar a um ladrão com uma identidade falsa uma chave do quarto e uma chave para o cofre do quarto para roubar jóias no cofre do verdadeiro dono”, disse Terpin.

Em uma declaração por e-mail, a AT&T disse que “contesta as acusações e espera resolver o caso no tribunal”.

Michael Terpi, foi co-fundador de um grupo de anjos investidores em chamado , ele está buscando US $ 200 milhões em indenizações e os US $ 24 milhões em danos indenizatórios da AT&T.