Corinthians anuncia lançamento da moeda digital Timaocoin

2s Comentários

Na última sexta-feira, 15 de março, o clube multiesportivo de São Paulo Corinthians lançou a sua própria moeda digital. A Timaocoin (nome baseado no popular apelido do clube, “Timão”) foi desenvolvida em parceria com a fintech Footcoin Club e visa oferecer vantagens para os torcedores do clube.

A Footcoin Club é uma organização que trabalha criando soluções na blockchain para ajudar times brasileiros e utiliza a tecnologia de contratos inteligentes do Ethereum para garantir a segurança do ativo.

A ideia principal por trás da criptomoeda Timaocoin é promover uma maior interação entre torcedores e parceiros comerciais, aumentando assim a proximidade do público com o clube. Aqueles que obtiverem a criptomoeda, poderão usa-la para pagar por produtos e serviços diversos como ingressos, experiências no estádio do clube e materiais esportivos em geral.

Ainda não se sabe o tempo que irá durar esta parceria, mas segundo a matéria publicada na Folha de São Paulo, o contrato deverá ter um mínimo de dois anos. Entretanto, ao fim do contrato, os torcedores que ainda tiverem Timaocoins poderão resgatar esses valores. “Se ao final dos dois anos, existir Timaocoins em circulação, ele [torcedor] só vai deixar de ter assistência do clube e da plataforma no dia em que ele optar em fazer uma transação com aquela moeda.”

Sem flutuação cambial, cada Timaocoin tem valor equivalente a R$ 10, mas inicialmente a única forma de comprar a criptomoeda será com Bitcoins. “Nós entendemos que o público da cidade de São Paulo já faz muitas transações em bitcoins, então, assim nós conseguimos posicionar o nosso produto. Aí, posteriormente, podemos ampliar para os demais públicos”, disse Rozinei da Silva, CEO da Footcoin.

Não há uma previsão para a plataforma começar a aceitar outras formas de pagamento, mas a ideia é deixar a venda apenas por Bitcoin liberada por enquanto para entender melhor como será a resposta dos fãs e como funciona a plataforma.

Uma das funcionalidades oferecidas pela plataforma é a doação para as equipes, porém o Corinthians ainda irá decidir sobre a utilização do mesmo. O marketplace é customizado pelo próprio clube da forma que for mais interessante e, segundo Rozinei da Silva, o Fortaleza já está utilizando a ferramenta enquanto o Atlético-MG vai adota-la em breve.

“O Fortaleza teve um resultado satisfatório em relação às necessidades do clube, como renovar contrato dos jogadores”, disse ele à Folha de São Paulo. “O Atlético-MG terá [a funcionalidade] a partir do segundo trimestre deste ano, em função de uma questão específica que eles querem fazer”, acrescenta.

Para saber mais sobre a TimaoCoin, acesse o site oficial da criptomoeda.

Futebol e criptomoedas

Como já citamos, o Timaocoin irá funcionar de forma bem parecida com a Galocoin e a LeaoCoin, moedas dos clubes Atlético-MG e Fortaleza que também foram implementadas em parceria com a Fintech Footcoin Club.

A FOOTCOIN.club é uma plataforma proprietária independente que usa a tecnologia blockchain de exchange de criptomoedas e se integra às plataformas tradicionais de e-commerce através de um token “utility”, permitindo a troca de moedas digitais por produtos e serviços. Alguns clubes já aderiram a parcerias com essa plataforma e agora será a vez do Corinthians.

Porém, essas não foram as únicas vezes que o futebol esteve ligado com as criptomoedas. Em 2018 o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho lançou um projeto chamado Ronaldinho Soccer Coin, que nasceu com a ideia de ajudar projetos ligados ao futebol sem se ligar diretamente a algum clube.

Além disso, o próprio Corinthians e o Atlético Paranaense apoiaram a Ivy Token, uma moeda digital criada por uma empresa sediada em Hong Kong. Entretanto, o apoio não seguiu, já que o projeto não conseguiu estabelecer uma imagem positiva, criando a forte impressão de ser um Scam. Não demorou para os clubes se deligarem do projeto e removerem quaisquer menções a eles nos seus canais oficiais.

Escreva um comentário

2 Comentários

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.