Coreia do Norte é acusada de hackear exchanges da Coreia do Sul

0 Comentários

A do Norte, uma nação que já foi acusada de violar sanções, é suspeita de ter pirateado uma série de de bitcoins na . O país supostamente roubou 100 milhões de wons ($88.100) em bitcoin de 2013 a 2015 como parte de seus esforços para “aumentar a moeda forte do país”, de acordo com relatórios.

Um artigo do Silicon Angle citou a polícia afirmando que “os enviaram 10 e-mails para 25 funcionários cada um em quatro exchanges diferentes de bitcoins, disfarçando-se como funcionários de instituições públicas sul-coreanas, como a polícia, a acusação, o governo da cidade de Seul ou o Instituto de Segurança Financeira.”

Método de ataque e acusações de da

A polícia afirmou que os hackers do norte-coreano fingiram ser autoridades governamentais e militares. Uma história publicada pela Silicon Angle afirma que os hackers se dirigiram aos funcionários de bolsas enviando-lhes e-mails carregados de malwares.

Leia também  Coinplug da Coreia do Sul lança nova exchange e começa a negociar Bitcoin Cash, Ether e Litecoin

Um relatório da Fire Eye Inc. confirmou os ataques cibernéticos. A empresa acompanhou hackers norte-coreanos e notou suas atividades. Eles observaram que hackers norte-coreanos visavam três exchanges diferentes na Coréia do Sul:

“As exchanges de bitcoins sul-coreanas foram hackeadas com sucesso no passado, com potencialmente milhões de roubos da em julho de 2017. A Coreia do Norte não estava diretamente vinculada ao , mas é possível que o país tenha desempenhado um papel nele, provavelmente um papel indireto, como a contratação de terceiros para realizar o em seu nome”.

Razões da Coreia do Norte para Hacker e Minerar Bitcoin

Parece que o clima político entre a Coreia do Norte e outros estados-nação atingiu um discurso tenso. Dado o recente teste dos mísseis nucleares do reino do eremita. Como resultado deste teatro político, várias entidades emitiram sanções contra a Coréia do Norte, incluindo a ONU.

Leia também  Exchanges não regulares da China tem prazo para encerrar atividades - clientes devem sacar rapidamente

A Coreia do Norte teria usado bitcoin como um meio para contornar sanções econômicas. Eles estão violando sanções ao hackear exchanges de Bitcoin sul-coreanas, além de minerar a moeda digital. Ainda assim, muitos desses relatórios são anedóticos e a evidência das atividades da Coréia do Norte continua a ser difícil.

Uma empresa de inteligência, Record Future, publicou dados com respaldo do Google, análises da atividade da internet na Coreia do Norte. Os dados sugerem que a Coréia do Norte começou a realizar mineração de bitcoin em 17 de maio. Se isso for verdade, e a Coréia do Norte também realizou ataques hackers contra exchanges, isso poderia significar que a Coréia do Norte está tentando encher os cofres com bitcoin.


É importante se manter informado todos os dias, siga nossos canais oficiais:

Leia também  ITO Report: Devery.io, a plataforma que promete proteger marcas e consumidores da pirataria.

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]