Agora é hora de comprar Bitcoin, diz estrategista da Fundstrat

0 Comentários

homem guardando moeda de bitcoin no cofre de porquinho

O estrategista técnico da Fundstrat, Robert Sluymer, afirmou que o Bitcoin está em meio a uma forte recuperação e os investidores devem aproveitar essa oportunidade para comprar mais. Hoje, o Bitcoin atingiu o seu valor mais alto desde novembro.

“Faça de tudo para continuar acumulando Bitcoin no segundo trimestre, em antecipação ao rali de alta no segundo semestre”, escreveu Sluymer. Ele prevê que o Bitcoin vai se recuperar de sua média móvel de 200 semanas e sair do nível de negociação do primeiro trimestre como “o estágio inicial de uma recuperação de longo prazo que está chegando”.

No momento da escrita, o Bitcoin subiu mais de 6,5% e está sendo negociando a US$ 5.800. Bitcoin subiu 55% desde o início do ano, puxando pra cima o resto do mercado. ETH teve uma alta de 26% em 2019, enquanto a Litecoin subiu mais que o dobro.

Em meados de novembro, quando o Bitcoin estava sendo negociando por cerca de US$ 5.500, Sluymer alertou que o ativo sofreria “danos técnicos significativos” que poderiam levar meses para se recuperar. Nas semanas seguintes, o Bitcoin caiu para US$ 3.136,04. Então, em fevereiro, Sluymer advertiu que a posição técnica do mercado ainda era fraca. Até que em abril o Bitcoin subiu para o nível dos US$ 5.000 novamente e agora em maio conseguiu superar os US$ 6000.

Leia mais: Venezuela: Negociação semanal de Bitcoin bate recorde

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.