Companhia que investiu em empresa de bitcoin, vende quase todas suas ações

0 Comentários

O Ark Innovation ETF (ARKK), um dos primeiros fundos negociados em bolsa que fez investimentos em bitcoin, vende grande parte de suas ações de bitcoin, citando questões regulatórias e tributárias.

No ano passado, a ARKK ganhou o prêmio “ETF Of The Year” da ETF.com por cumprir seu objetivo de fornecer acesso à tecnologia disruptiva. Ganhou este prêmio em grande parte devido à sua alocação de bitcoin, que variou entre 6% e 10% e em determinado momento, o bitcoin liderou a lista de participações do fundo.

Em dezembro de 2017, Catherine Wood, CEO da Ark Investment Management, disse que o bitcoin era uma ideia maior do que a Apple.

O fundo da ARK não podia ser proprietário de bitcoin diretamente, então comprou ações da Bitcoin Investment Trust (GBTC) da Grayscale Investment em 2015, quando o bitcoin foi negociado abaixo de US$ 250.

Leia também  Demanda por mineração de Ethereum acabou com estoque de GPUs

O único ETF que correspondeu ao acesso da ARKK ao bitcoin foi outro dos produtos da empresa: o ETF ARK Web x.0, um fundo com foco na Internet.

Os estoques de bitcoins dos fundos impulsionaram os retornos no ano passado, já que ambos os fundos ganharam mais de 87% em 2017, enquanto a GBTC aumentou 1.550%.

No entanto, a Ark começou a reduzir sua exposição a bitcoin em ambos os fundos no início deste ano, quando o mercado de criptomoedas entrou em um ciclo de baixa. A ARKK detém agora 0,5% em bitcoin enquanto a ARKW detém 0,6%. A razão por trás do recuo, de acordo com a empresa, eram preocupações fiscais e regulatórias.

O desempenho do Bitcoin provavelmente também foi um grande estímulo. A criptomoeda, baseada em indicadores GBTC, começou a cair em valor depois de 2017, também em 2016 e início de 2017. Já o GBTC caiu 37% até agora em 2018, perdendo mais de 63% em cinco meses a partir da alta de meados de dezembro.

Leia também  Andreas Antonopoulos: Ignore o drama, o Bitcoin esta mais forte do que nunca

Ambos os fundos da Ark subiram cerca de 15% no ano até o momento.

Ark poderia ter lucrado com o bitcoin no início do ano e reduzido sua alocação conforme o preço do bitcoin caísse. Se o desempenho do GBTC tivesse estimulado a mudança de direção, uma recuperação do bitcoin poderia reviver suas alocações nos fundos da Ark.

A liquidação das ações de bitcoin da Ark dificulta ainda mais a exposição dos investidores à criptomoeda através de instrumentos financeiros tradicionais.

Os ETFs do Bitcoin estão aguardando nos bastidores, já que a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA ainda não aprovou nenhum desses veículos de investimento amplamente esperados.

O GBTC – que comercializa over-the-counter (OTC) – é o produto mais próximo de um ETF bitcoin. Ao contrário da maioria das empresas que se candidataram a ETFs de bitcoin, este fundo detém bitcoins diretamente, em vez de contratos de derivativos. O valor do fundo para os investidores tem sido discutido, já que suas ações quase sempre são negociadas a um valor superior ao valor dos ativos líquidos do bitcoin.

Leia também  Respeitado analista prevê o Bitcoin valendo $400.000