Como o Bitcoin pode destruir o mundo completamente!

0 Comentários

: um de eletrônico peer-to-peer” Isso é o que Satoshi Nakamoto queria que fosse.  eletrônico! Se o Bitcoin é e o mundo ainda está seguro depois de milhares de anos usando o , então por que deveríamos temer o Bitcoin ou outras ?

Ao longo desse ano, vimos por que o Google proibiu anúncios relacionados a criptomoedas e teremos que conviver com isso, o mundo como o conhecemos é tão frágil que até mesmo um Tweet pode destruí-lo, especialmente se vier de um certo Sr. Trump. Outra coisa é quando os mísseis começam a voar, os líderes políticos ficam agitados. Considerando tudo isso, não é tão inconcebível dizer e temer que o Bitcoin possa destruir o mundo? É um conceito engraçado e improvável, mas vamos explorá-lo.

A

A única maneira de produzir novos Bitcoins é minerando e isso consome enormes quantidades de eletricidade, o que pode levar o mundo a explodir ou, pior ainda, a implodir. Segundo o Digiconomist, uma transação com Bitcoin poderia abastecer 31 residências dos EUA por 1 dia. De acordo com a mesma fonte, uma transação de Bitcoin precisa de 919 quilowatts-hora enquanto 100.000 transações consomem 169 quilowatts-hora. Sim, 100K versus UM!

Então, devemos começar a entrar em pânico?

Nah! A principal preocupação de um minerador é o custo de energia (com certeza, o preço do Bitcoin e a dificuldade da rede também são importantes, mas não é o ponto principal), assim, todos os mineradores estão tentando obter eletricidade barata. Mas o que você sabe: a energia verde é a mais barata e nos últimos anos fizemos grandes avanços no campo da energia limpa. Pense em painéis solares, turbinas eólicas, usinas hidrelétricas e painéis BPV. By the way, BPV significa Biological Photovoltaics e eu não vou explicar como funcionam, mas de acordo com o todo-poderoso , é “a tecnologia que utiliza um material fotossintético biológico para captar a energia solar e produzir energia elétrica. Os sistemas de BPV são algumas vezes também descritos como painéis solares vivos. ”O futuro é agora!

Se tivermos medo que a mineração de Bitcoin destrua o mundo porque ele usa muita eletricidade, podemos também temer a própria . Quero dizer, quem sabe quanta eletricidade consome? Você vai parar de usá-la? Eu tenho certeza que você não vai! E quanto às impressoras usadas pelos governos para imprimir dinheiro? Quanto de energia elétrica elas consomem?

Em vez de pensar em “OMG, vamos ficar sem eletricidade por causa do Bitcoin”, talvez devêssemos nos concentrar em outras maneiras que o Bitcoin poderia destruir o mundo como o conhecemos:

Fácil de esconder. Sem impostos!

No momento em que escrevo isto, os governos não podem rastrear seus Bitcoins. É claro que o Big Brother tem maneiras de encontrar o dono de um certo endereço BTC, mas o procedimento é complicado e tenho que admitir que não sei. Mas, novamente, eu não sou um cara do . De qualquer forma, uma conta bancária pode ser facilmente verificada, enquanto as holders de Bitcoin são totalmente diferentes e, além disso, existem milhares de altcoins, muitas delas focadas em privacidade, então se você realmente quer esconder sua fortuna, você pode.

Isso significa que as pessoas podem sonegar os impostos, significa que o governo sofrerá perdas, a economia do seu país diminuirá, arrastará os países vizinhos para baixo … então todo o continente … Claro que estou exagerando, mas se mais e mais pessoas começarem a “esconder” seu dinheiro em criptomoedas e parar de pagar impostos, as coisas poderiam ficar bem difíceis. De qualquer forma, o mundo certamente sobreviverá.

Olá Bitcoin, tchau, ? Ainda não!

Eu não gosto de enviar meu dinheiro e esperar por 3 a 5 dias úteis para chegar na conta (transferências internacionais)! Eu também não gosto de pagar altas taxas quando uso bancos. E eu não gosto de filas (sim, aqui no Brasil ainda tem muita fila nos bancos). O bitcoin poderia matar o sistema bancário ou pelo menos tirar uma grande quantia de dinheiro que poderia ser depositado nos bancos.

Agora surge a pergunta: matar o sistema bancário irá destruir o mundo? Neste momento, o ecossistema Bitcoin não pode sustentar um influxo tão grande de transações quanto os bancos podem, portanto, se os bancos desaparecessem repentinamente, o Bitcoin sozinho não poderia substituí-los. Mas nós temos milhares de outras criptomoedas, a maioria delas muito escaláveis ​​e capazes de sustentar altos volumes de transações. Para responder à pergunta: se amanhã acordarmos em um mundo sem bancos, todos os negócios no mundo chegariam a uma parada temporária, mas acabaria se recuperando. De qualquer forma, estamos discutindo no plano fictício, porque se as criptos pudessem substituir os bancos, isso significaria que os problemas de escalabilidade desapareceram e a infraestrutura pode lidar com a carga de trabalho. E isso não acontecerá da noite para o dia.

Golpistas! Isso é um problema

As pessoas são ingênuas e isso é um fato! Durante anos eles foram enganados por corretores de opções binárias com promessas que soam totalmente irrealistas: “Nós trocaremos por você e faremos lucro de 100% em 10 dias” ou “Deposite mais e nós recuperaremos todas as suas perdas”. As pessoas mandavam dinheiro de um lado para o outro, esperando que pelo menos algumas delas fossem verdadeiras e agora a história se repete porque os mesmos golpistas se mudaram para o Bitcoin e outras criptos.

De acordo com ThatSucks.com, um dos principais sites de combate a fraudes, eles receberam um total de 3.000 reclamações relacionadas a fraudes de criptomoedas nos últimos 5 meses. Impressionante! E o número provavelmente vai aumentar, considerando que o mercado ainda não é regulamentado, você não pode fazer um chargeback como nos cartões de crédito e, sim, as pessoas são ingênuas. No entanto, os golpes podem destruir o Bitcoin e as carteiras de muitas pessoas, mas não o mundo.

O mundo é seguro … por enquanto

Se você quiser encontrar um culpado por uma hipotética destruição do mundo, você deve considerar a superpopulação, a superexploração de nossas florestas, a poluição, a manipulação econômica e muitas outras. Bitcoin e criptos são o próximo passo na evolução do dinheiro, uma progressão normal em direção a algo melhor, mais rápido e mais fácil de usar. Pelo menos são 2 centavos … desculpe, 2 satoshis!

Fonte

Leia também  Japão dá lição de regulamentação de criptomoedas a governos ocidentais

Guia do Bitcoin