Coinbase expande serviços para 11 novos países, 2 novos continentes

0 Comentários

A maior empresa norte-americana de criptomoedas, a Coinbase, anunciou ontem, 17 de abril, a expansão de seus serviços para mais 11 países.

Os serviços da Coinbase tornaram-se disponíveis para moradores da Argentina, México, Peru, Colômbia, Chile, Índia, Hong Kong, Coreia do Sul, Indonésia, Filipinas e Nova Zelândia.


A empresa californiana, é uma exchange de criptomoedas através do site principal Coinbase.com e da plataforma de negociação Coinbase Pro.

Sendo assim, hoje a Coinbase está presente em um total de 53 países em quatro continentes.

A empresa também disse que, no ano passado, as negociações diretas entre criptomoedas na plataforma, em termos de volumes de transações, superou globalmente as transações dos pares Fiat / criptos.

Em particular, falando de transações “verificadas”, a Coinbase diz que em fevereiro de 2019 elas representaram 51% do volume total de negociação. Em agosto de 2018, esse número estava em torno de 41%.

Vale destacar que de acordo com os dados citados, o volume de transações entre criptomoedas / stablecoin aumentou 10% nesse período.

Leia mais: Análise Técnica Bitcoin – Preço do Bitcoin hoje – 18/04

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.