Coinbase oferece $50,000 em concurso mundial “Hack the World”

0 Comentários

A Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, anunciou que participará ativamente do projeto “Hack the World” da Hackerone, oferecendo 50 mil dólares para uma execução de código remoto em primeiro lugar. É o esforço da empresa para ampliar seu programa de recompensas de bugs com a esperança de permanecer “no topo do mercado” em relação à segurança.

As recompensas de bugs são uma iniciativa cada vez mais utilizada pelas empresas para encontrar problemas de código e problemas de segurança através de incentivados aos hackers. Os pagamentos recompensa os hackers para exporem as empresas aos problemas antes que potenciais criminosos possam.

Chefe de Segurança da Coinbase, Philip Martin, disse em seu blog:

“Agradecemos a todos os pesquisadores de segurança que trabalharam duro para encontrar e relatar vulnerabilidades”.

Ele alega que incentivar pesquisadores com premiações tem um retorno bom e tempo melhor investido.

Leia também  Exchange Ripio lança serviço de compra de Bitcoins via cartão de crédito no Brasil

A Coinbase revelou 73 vulnerabilidades descobertas

Ao longo de cinco anos, a exchange pagou US$ 176.031 em recompensas a 223 pesquisadores em 346 relatórios válidos de um total de 3101 relatórios apresentados“, observou Martin.

Este ano, a Coinbase junta-se a uma competição organizada por Hackerone, o “Hack the World”. Uma postagem de blog não assinada afirmou os objetivos do empreendimento como “ajudar a construir relacionamentos mais fortes entre nossos hackers e nossos clientes, recompensar relatórios de alto sinal e alto impacto e ter um pouco de diversão ao longo do caminho, dando alguns prêmios incríveis aos nossos hackers”.

Entre alguns dos patrocinadores, estão o Uber, Github, Airbnb, Mapbox e Dropbox.

A Coinbase está oferecendo aos 3 melhores bugs mais impactantes apresentados no Hack The World, um adicional de US$ 10.000, US$ 7.500 e US$ 5.000“, explicou. “O mais Impressionante” será avaliado pela equipe de segurança da Coinbase com uma combinação de gravidade dos erros, criatividade do sistema e qualidade do relatório “.

Leia também  Onde e como comprar e vender Bitcoin no Brasil

Bitcoin, seguro e fácil

Isso não significa armazenar bitcoin na exchange é seguro. Na verdade, “houve meses em que os usuários da Coinbase foram roubados com tanta frequência quanto 30 vezes – uma taxa de um roubo a cada dia”, de acordo com a Fortune.

O CEO Brian Armstrong diz à Fortune: “Precisamos ser mantidos em um padrão mais alto porque a moeda digital é tão nova e interessante e poderosa que é atraente para muitas pessoas de má fé que tentam roubá-las”. A exchange detém as chaves privadas dos usuários , permitindo-lhes facilidade de acesso a negociação através de simples senhas.

Os roubos são geralmente do lado do cliente, explorando fracos em empresas de telefonia móvel, como Sprint e Verizon.

Leia também  Genesis Trading mostra interesse em comprar a Blockchain do Ethereum Classic (ETC)

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Página Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.