Coinbase entra no mercado australiano

Depois de anunciar a parceria com o PayPal, onde os usuários americanos poderão receber em suas contas do PayPal os bitcoins vendidos, ou comprar a moeda no de crédito, a , visando expandir o número de países atendidos – 33 no total –, anunciou que os clientes australianos também poderão adquirir bitcoins usando cartão de crédito e débito.

Com a entrada da americana na , espera-se que o de BTCs em australiano tenha o seu volume ampliado (pelas informações obtidas pelo blog, as movimentações em australiano, nos último 30 dias, foram de 10.570,28 BTCs, enquanto no Brasil o volume, em junho, foi de 22.506 BTCs).

Ankur Nandwani, gerente de produto da Coinbase, também afirmou que a empresa espera, em breve, incrementar outras funcionalidades na plataforma.

Leia também  Dash entra no clube das criptomoedas bilionárias

Em tempo: o mercado de na Austrália não é nada fácil. Em 2015, a Australian Taxation Office (equivalente à Receita Federal no Brasil) proferiu uma decisão tratando a moeda digital como uma mercadoria, e não como um ativo financeiro, o que pode gerar pesadas cargas tributárias.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *