Co-fundador da Bitcoin Foundation: Não tenham medo, as criptomoedas são o futuro

John-Matonis-CEO

Co-fundador e CEO Bitcoin Foundation John Matonis está certo de que os medos associados com a “bolha” das criptomoedas é aceitável, mas é preciso lembrar que os mercados de ações também são sempre artificialmente “inflados” pelos bancos centrais, disse ele em entrevista ao Business Insider.

“Para as pessoas que afirmam que o bitcoin é uma bolha, responderei que o bitcoin é realmente uma agulha que perfura uma bolha. A bolha é um mercado de ações insano e títulos que os bancos centrais apoiam. Estas são as bolhas”, disse Matonis.

Ele está confiante de que agora a economia está se afastando das “moedas administradas por bancos“, e os ativos descentralizados como bitcoins favorecem essa mudança.

Antes da Bitcoin Foundation, Matonis era um trader no banco japonês Sumitomo e Visa. A organização sem fins lucrativos foi fundada para apoiar os principais desenvolvedores de protocolos bitcoin. Matonis esteve no conselho da fundação de 2012 a 2014 e até hoje ocupa o cargo de diretor executivo.

Leia também  Mídia estatal chinesa novamente levantou o tema de uma proibição completa do comércio de criptomoedas no país

Apesar da descrença com o sistema financeiro existente, ele tem certeza: “É ótimo que grandes bancos como o Goldman Sachs demonstrem interesse pelas criptomoedas”.

“Eu acho ótimo que eles entrem no mercado, porque isso levará ao aumento da liquidez. As instituições ajudarão a tornar o mercado mais maduro e reduzirão a volatilidade. Eles criarão mercados de futuros e opções“, acrescentou Matonis.

Segundo ele, reguladores em todo o mundo estão tentando encontrar uma “linguagem comum” com criptomoedas, e no Reino Unido anunciaram recentemente a criação de um grupo de trabalho que se especializará nesse segmento.

“Os reguladores estão muito confusos, não apenas na Europa, mas também na América do Norte. Eles são usados ​​para modelos de captação de recursos, com base na venda de dívidas ou títulos. As criptomoedas são o terceiro modelo de captação de recursos. Eles liberam ao mercado tokens utilitários, que não são títulos, não são recebimentos de dívidas. Na realidade, esses “títulos” são uma declaração do sucesso do token, diretamente relacionado, idealmente, ao sucesso da empresa. Este é um modelo completamente novo e não se encaixa no marco regulatório existente “, disse Matonis.

Guia do Bitcoin

Leia também  PIVX garantirá privacidade financeira absoluta com integração do protocolo Zerocoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Previous:

Monero: retrospectivamente e prospectivamente
Postado em Abril 02, 2018

Next:

O que a guerra comercial significa para as criptomoedas?
Postado em Abril 02, 2018

Grupo no Japão com 27 milhões de membros entra no ramo de mineração de Bitcoin

O gigante do entretenimento japonês DMM Group, o operador do site de comércio eletrônico DMM.com com 27 milhões de membros, anunciou que operará uma fazenda de mineração de Bitcoin e…

0 Comentários

Governo Colombiano afirma, Bitcoin não é ilegal

  A Colômbia chamou a atenção no final de 2016, quando um artigo publicado na PanAm escrito por Julién Villabona Galarza afirmava que o país tinha proibido a moeda digital,…

0 Comentários