Cidade dos EUA fica refém de hackers que querem pagamento em Bitcoin

0 Comentários

Não é incomum ataques de hackers que pedem por Bitcoins como resgate por informações roubadas ou bloqueadas durante o ataque. Porém, uma história um pouco mais inusitada aconteceu nos EUA, onde uma prefeitura está sendo “mantida refém” por hackers.

Localizada no estado de Maryland, nos EUA, a cidade de Baltmore está sendo mantida refém depois que um grupo de hackers usando malwares dominaram toda a rede da prefeitura, infectando centenas de computadores. As informações são Baltimore Sun.

Os hackers estão pedindo um resgate de 13 Bitcoins (cerca de 319 mil reais) para liberar o acesso aos computadores e recuperar todos os sistemas.

O prefeito da cidade Bernard Young disse que se recusou a pagar o resgate, o que quer dizer que os funcionários ainda não podem acessar o sistema de contas, multas ou outras atividades administrativas básicas.

Porém, todos os serviços de emergência da cidade continuam atuando de forma normal. O prefeito Bernard Young disse que está trabalhando com o FBI e outros experts para localizar os criminosos e recuperar o controle dos computadores.

Durante a tarde, a administração da cidade conseguiu colocar o ransomware em quarentena. Mas em uma coletiva de imprensa, oficiais disseram que não tem certeza quando os sistemas vão estar funcionais novamente.

Segundo informações, praticamente todos os sistemas da prefeitura foram afetados, com exceção do departamento de polícia e números de emergência.

Ainda de acordo com a Baltimore Sun, o ransomware é uma variante mais poderoso do RobbinHood, que criptografa arquivos.

Veja também: Circle demite 10% dos funcionários por culpa do “mercado regulatório”

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.