China está pronta para formar comitê de padronização blockchain neste ano

0 Comentários

A China espera ter seu comitê nacional de padronização instalado antes do final deste ano, de acordo com uma funcionária do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação do país.

Em um discurso na 2018 Guiyang Big Data Expo no sábado, Li Ying, chefe do Departamento de Informação e Software do ministério de TI, disse que a estrutura do comitê será baseada na TC 307, uma comissão de blockchain da Organização Internacional de Padronização. (ISO).

O plano é ter uma estrutura abrangente para os padrões blockchain completos até o final de 2018, acrescentou ela – confirmando um plano anunciado por autoridades do governo chinês no início deste mês.

Li disse:

“Temos trabalhado em estreita colaboração com a ISO e a União Internacional de Telecomunicações (UIT). Em breve, teremos nosso comitê técnico nacional para padronização blockchain pronto dentro deste ano.”

As observações da oficial vêm logo depois que o ministério de TI da China revelou sua agenda para padronizar o desenvolvimento da blockchain – o objetivo é, como explicou Li, “acelerar a implantação de blockchain em áreas que precisam urgentemente de tecnologia nascente”.

Leia também  Documentos vazados por Snowden revelam que os EUA estão espionando usuários de Bitcoin

Como relatado, enquanto o país é um membro participante da comissão TC 307 da ISO, que se concentra em estruturas padrão para uso de blockchain em autenticação e contratos inteligentes, o ministério disse em março de 2018 que está procurando construir a própria iniciativa do país em torno da padronização.

Um laboratório de pesquisa diretamente supervisionado pelo ministério de TI já passou a realizar avaliações mensais das principais blockchains públicas em um esforço para criar um sistema de classificação padrão.