Capital de giro e organizações descentralizadas: IPO, ICO e DAICO

0 Comentários
1*QG6GXw68m0SRdBR3pjb6Hw.png

A (Initial public offering/oferta pública inicial) é um recurso muito utilizado no ecossistema das startups e companhias que precisam levantar capital de investimento para crescimento rápido. Com esse recurso, as empresas oferecem as ações de sua empresa para investidores de venture building e venture capital. São empresas que usam como estratégia para o desenvolvimento inicial a abertura de capital da empresa para o de ações.

Ao abrir capital,a empresa deixa de pertencer a um número limitado de sócios e passa a ter pessoas anônimas possuindo pequenas, médias ou grandes partes dela, tornando-se uma Sociedade Anônima (SA). O processo levanta muito dinheiro em pouco tempo, mas a execução dele também é complexa, custosa e extremamente burocrática.

A (Initial Coin Offering/Ofertas Iniciais de Moedas) é a desburocratização das IPO’s no contexto das moedas digitais. Com o amadurecimento e crescimento do mercado de , inúmeras startup burlaram a burocracia do mercado já regulado de IPO, oferecendo, ao invés de ações, moedas para os investidores.
ICO.jpeg
Os desenvolvedores de um projeto envolvendo blockchain e altcoins fazem uma pré-venda de algum token/altcoin para arrecadar grandes quantias de dinheiro para começar o desenvolvimento do projeto. Os investidores que confiam no projeto, compram as moedas na pré-venda esperando que elas valham mais do que ele pagou na pré-venda, lucrando com a diferença. Essa recurso de captação também é chamado de crowdsales.

Leia também  Série Os 7 princípios da Blockchain: 1 - Confiança

As regulamentações impostas por governos aos IPOs, oferecem um certo nível de segurança para investidores despreparados. Com uma ICO, as chances de lucro são grandes, dado o sucesso das criptomoedas, mas o risco de entrar em um investimento furado é gigantesco. Com a crescente proliferação de moedas inúteis que levantavam muito dinheiro, muita gente acabou perdendo dinheiro. Acontece que muitos desses desenvolvedores simplesmente pegaram todo o dinheiro e sumiram do mapa ou não fizeram quase nada do que prometeram no roadmap do projeto.

O caso foi tão sério que alguns bancos centrais pelo mundo chegaram a proibir as ICOs. O governo chinês foi desses, afirmando que elas tinham “perturbado seriamente a ordem econômica e financeira”.
ICO-Initial-Coin-Offering-Banned-300x236.png
Em janeiro desse ano, Vitalik Buterin, surgiu com a ideia das DAICO, para tentar solucionar o problema dos projetos SCAM nas ICO’S. A DAICO incorpora elementos da DAO (Decentralized Autonomous Organizations) para tornar as ICO’s mais seguras e eficazes, deixando o mercado mais saudável.
Daico.png
A ideia inicial é a mesma: um contrato DAICO é emitido por uma equipe de desenvolvimento que precisa de capital para iniciar ou expandir o desenvolvimento de um projeto. As DAICOS emitem contratos durante essa pré-venda que introduzem uma variável chamada toque. Diferente das IPO’S, quando a pré-venda termina e os desenvolvedores conseguem os fundos, a grana não é liberada para eles.

Leia também  Sinal verde: Suíça lança diretrizes regulatórias em apoio as ICO's

O toque é programado para determinar, de acordo com o desejo dos investidores, quanto do montante os desenvolvedores podem retirar para começar o projeto. Eles podem votar para aumentar a disponibilidade dos fundos ou retirar seus fundos do projeto., caso não estejam satisfeito com o trabalho dos desenvolvedores e não confiem mais em seus serviços. O modelo descentraliza o poder dos desenvolvedores e dá aos investidores que precisam chegar a um consenso dentro da comunidade sobre qual parte dos fundos arrecadados os desenvolvedores poderão retirar para suas necessidades.
daoeico.png
Um problema evidente para essa forma de investimento funcionar é a educação dos investidores. Para o toque funcionar, os interessados precisam estar atentos para o rumo do projeto, lendos os whitepapers, acompanhando o roadmap e os desenvolvimentos subsequentes. Esse tipo de questão pede um grande interesse, atenção e conhecimento técnico dos investidores que precisam votar baseado nos fatos relacionados ao projeto em si e não puramente no desejo de um ativo atingir grandes valores.

Leia também  Bancos vs Bitcoin: Banco Central do Paquistão proíbe transações de criptomoedas e quem usá-las pode responder a processo

(Disruptivas)
Fonte: https://steemit.com/pt/@disruptivas/ipo-ico-e-daico-capital-de-giro-e-organizacoes-descentralizadas

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/