Caixa anuncia datas para saque de FGTS. Nosso conselho? Aplique em Bitcoin

O governo federal anunciou as datas para o saque das contas inativas do FGTS. São “R$ 43 bilhões depositados em 49 milhões de contas” nessa situação. Ou seja, 25% da população está numa condição semelhante de ter seu dinheiro “emprestado” compulsoriamente ao governo.

Consultores em finanças pessoais apontam “que qualquer opção de investimento, mesmo a caderneta de poupança, traz rendimentos mais vantajosos do que manter os recursos no FGTS”. Ora, considerando que o seu rendimento é inferior à inflação, qualquer rendimento é mais vantajoso – o FGTS só é competitivo se comparado com guardar dinheiro debaixo do colchão.

O ministro Meirelles mencionou algo importante: que a liberação não é apenas uma medida para injetar dinheiro na economia, mas de reduzir o intervencionismo. “Assim, o Estado começa cada vez mais a não tutelar, cada um tendo a possibilidade e o direito de alocar os recursos da maneira como ele ou ela acha, partindo do pressuposto do interesse de cada um”.

Leia também  Bitcoin ultrapassa os US$ 4100 o alvo agora é os US$ 5000

O Fim do FGTS?

Que seja mesmo o começo do fim do FGTS como ele é (um empréstimo compulsório para o governo que só faz a renda do trabalhador desvalorizar), para que possamos e assim devolver poder ao cidadão sobre os frutos de seu próprio trabalho, pesquisa e investimentos.

Invista parte do seu FGTS em Bitcoin

Recomendamos fortemente que ao menos se invista uma parte desse valor do FGTS em Bitcoin! O Bitcoin foi o melhor investimento em 2016 tendo um e 2017 está sendo considerado “O ano do Bitcoin“, como a maior exchange do Japão, a bitFlyer, já apontou.

Em 2016, o volume anual negociado de Bitcoins no Brasil foi equivalente a R$ 363 milhões e a estimativa para 2017 é ainda maior.

Como investir em Bitcoin?

Simplesmente comprando o ativo em uma das bolsas que operam no Brasil (nessa lista) e guardando com segurança em uma carteira – não sabe qual wallet usar? Compare e confira os tipos de carteira Bitcoin nesse post. O retorno sobre investimento a longo prazo pode ser bem atrativo conforme foi em 2016 (89% ao ano), mas ao mesmo tempo entenda que se trata de um investimento de risco, como as ações.

Leia também  Saiba como 'reivindicar' o seu Bitcoin Cash (e vendê-lo) com esta matéria

Além disso, há alternativas como oferecer empréstimos em Bitcoin, nos sites do BTC Jam e Bitfinex (Dólar), dessa forma você faz o seu Bitcoin trabalhar por você.

O que não fazer com o dinheiro sacado do FGTS

Cabe a cada um decidir e tomar suas próprias decisões sobre o seu dinheiro, mas não recomendamos o seguinte:

  • Aplicar na Poupança: A poupança brasileira está rendendo e pagando muito pouco mesmo
  • Adquirir mais dívidas: faça o seu dinheiro trabalhar para você e não o contrário.
  • Não caia em golpes: Fuja de esquemas que envolvem o Bitcoin e prometem “dobrar o seu dinheiro” em pouco tempo ou que ofereça ganhos muito altos em tão pouco tempo, como se fosse o Bitcoin fosse algo mágico.

Lembre-se: O Bitcoin é uma tecnologia de meio de troca (dinheiro digital) e é utilizado também como um ativo digital, similar as ações, em negociações em bolsas sérias de todo o mundo.

Leia também  Segwit será ativado na Litecoin

Via: NOVO
Adaptação: Guia do Bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *