Bug na Kraken permitiu “arbitragem infinita”

2s Comentários

Recentemente algumas exchanges brasileiras tiveram um grave problema por prometerem arbitragem infinita entre suas plataformas. Agora, a Kraken, uma das maiores exchanges do mundo, quase permitiu esse mesmo “recurso” sem querer.

As informações são do site CoinTelegraph.

Alguns clientes da Kraken estavam comprando Bitcoin por US$2.000 mais barato que o preço de mercado e vendendo por quase US$12.000.

O bug aconteceu durante o dia 13 de setembro e foi divulgado pela Kraken hoje. A possibilidade, claro, fez com que usuários explorassem o bug e ganhassem uma grana boa com uma “arbitragem infinita.”

Na sexta-feira, a corretora de criptomoedas dos Estados Unidos, a Kraken, sofreu um bug que permitia a alguns usuários comprar ou vender Bitcoin a um preço notavelmente diferente do preço real de mercado.

O problema aconteceu por causa de um bug no sistema já devidamente relatado no dia 14 de setembro.

A equipe de comunicação da Kraken postou uma thread no Twitter explicando que o bug foi resultado de um teste de um tipo de pedido avançado ainda não lançado.

Enquanto o Bitcoin tentava manter a marca de US$10.300 no dia da falha relatada no sistema, a exchange escreveu que alguns clientes “compraram do testador por US$ 8.000 e outros venderam por US$12.000 sem compensar a liquidez intermediária” através do bug.

A Kraken explicou que o bug levou a execuções em ambos os lados do spread de US$ 8.000 a US$ 12.000, enquanto nenhuma liquidez estava esgotada. A exchange afirmou que as ordens de parada do mercado foram atendidas corretamente pelo preço de mercado e sugeriu que os clientes afetados enviassem um tíquete de suporte.

A comunidade ligada ao criptomercado reagiu posteriormente para expressar indignação contra a bolsa de valores, permitindo um erro tão grande, enquanto o co-fundador e CEO da Kraken, Jesse Powel, interveio para defender a companhia.

Powel afirmou que o recurso testado já havia passado por milhares de testes automatizados e humanos ao longo de vários meses, acrescentando “você não consegue encontrar todos os erros todas as vezes.”

Ele escreveu:

“Concordo que corresponder ao comércio ao lado errado do livro de ordem é um erro da exchange. Tudo o que aconteceu depois disso funcionou como esperado. Negociação impressa, paradas acionadas, outros pedidos correspondiam perfeitamente.”

Aparentemente a falha não foi utilizada em grande escala e não trouxe nenhuma alteração para o criptomercado como um todo.

Veja também: Vitalik Buterin fala sobre Ethereum 2.0 e DeFi

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.