Além das criptomoedas: Nasce o primeiro bebê com registro direto em uma blockchain

2s Comentários

Uma ideia importante que estamos sempre refletindo por aqui é de que a blockchain vai muito além das criptomoedas. Essa é uma tecnologia completamente disruptiva e que tem o poder de mudar muitas áreas do mundo.

Um ambiente em que a blockchain continua ganhando cada vez mais força são nas ações humanitárias e no rastreamento de diversos produtos e indivíduos. Agora, a tecnologia será usada para rastrear ajuda humanitária à crianças da Tanzânia.

Recentemente surgiu a notícia do primeiro “bebê da blockchain” nascido no início deste ano em Dar es Salaam, na Tanzânia.

As informações são do site Forbes.

A notícia ressalta o papel que a identidade digital e blockchain podem ter nos esforços humanitários, uma área em que essas tecnologias estão assumindo mais responsabilidades.

A iniciativa é um esforço conjunto entre a Irish AID: Tech e a Dutch PharmAccess, e reflete o objetivo de usar a tecnologia blockchain para facilitar a entrega de ajuda humanitária e compartilhamento de dados, com o comum objectivo de implementar o apoio da forma mais eficiente possível.

De acordo com outro relatório: “Em uma ação inovadora, a identidade digital de um bebê nascido na Tanzânia foi adicionada a um livro digital, fazendo com que o bebê tenha direito a cuidados e alocação de fundos que de outra forma seriam difíceis de rastrear.”

O projeto geral usa identificação digital e blockchain para garantir acesso a vitaminas. Além disso, as tecnologias permitem que as autoridades humanitárias reduzam as fraudes e, potencialmente, controlem melhor os custos do programa.

Não há apenas um “bebê blockchain”, no entanto – relatos indicam que outros dois bebês, irmãos, também estão tendo suas identificações digitais reforçadas pela tecnologia de blockchain.

Veja também: “Crise” no Deutsche Bank levou o Bitcoin a subir 11%?

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin

Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/

Escreva um comentário

2 Comentários

Desculpe mas essa matéria esta equivocada, ja houve o Registro de um recém nascido antes deste caso que voces descreveram como primeiro no mundo

Oi Lukas. Td bem por aí?

Vc está certo em parte. Realmente aqui no Brasil já houve tal registro na blockchain, inclusive é da filha de uma amigo nosso (abraço Edson). Mas o atual registro refere-se ao primeiro bebê com registro “total” na blockchain, uma identidade digital que pode ser utilizada em qualquer lugar no mundo. Isso quer dizer que todas as informações acerca daquele bebê podem ser facilmente rastreadas e identificadas. Aqui no Brasil foi feito apenas um registro simples.

Obrigado pela participação

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.